Viagem

As 10 cidades mais veganas do mundo em quantidade de restaurantes especializados

por: Mari Dutra

O aplicativo Happy Cow acaba de divulgar a sua lista com as cidades mais vegan friendly do mundo, como já havia feito em anos anteriores. Com mais de 8 mil estabelecimentos plant based cadastrados em sua base de dados, o app é uma das principais fontes de informação para viajantes veganos e vegetarianos.

A lista divulgada no início do mês segue quatro fatores: o número de restaurantes veganos em um raio de 8 km da principal área de restaurantes de cada cidade; o número de estabelecimentos veganos, vegetarianos e com opções no mesmo raio; a relação entre locais veganos e a população da cidade; e a impressão dos criadores do app em relação à cena vegan no destino (incluindo aí encontros, festivais e a comunidade ao redor da causa).

O pódio do ranking ficou com Londres, Nova York e Berlim, três cidades com uma forte cena vegana. E, embora nenhum destino brasileiro figure nos top 10, São Paulo levou uma menção honrosa no quesito veganismo, sendo uma das únicas áreas abaixo do Equador lembradas pela equipe da Happy Cow.

Cidades mais veganas do mundo

  1. Londres, Inglaterra
  2. Nova York, Estados Unidos
  3. Berlim, Alemanha
  4. Los Angeles, Estados Unidos
  5. Toronto, Canadá
  6. Varsóvia, Polônia
  7. Portland, Estados Unidos
  8. Bangkok, Tailândia
  9. Tel Aviv, Israel
  10. Praga, República Tcheca

 

Além deste ranking, as seguintes cidades levaram uma menção honrosa: Paris (França), Taipei (Taiwan), Melbourne (Austrália), São Paulo (Brasil), Ho Chi Minh (Vietnã), São Francisco (Estados Unidos), Quito (Japão), Montreal (Canadá) e Seattle (Estados Unidos). Veja mais informações aqui.

Publicidade

Foto em destaque: Toa Heftiba


Mari Dutra
Criadora do Quase Nômade, contadora de histórias, minimalista e confusa por natureza, com os dois pés (e um pet) no mundo. Chega mais perto no Instagram.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
5 lugares mais isolados do planeta para se visitar (virtualmente) e fugir do coronavírus