Sustentabilidade

Baleia é encontrada morta com 100 kg de plástico no estômago

por: Yuri Ferreira

Uma terrível notícia para todos nós. Uma baleia cachalote foi encontrada na Escócia com mais de 100 quilos de plástico em seu estômago. Não está claro se existe uma correlação entre a morte do animal e a presença da poluição em seu organismo.

A cachalote foi encontrada em uma praia ao norte da Escócia, chamada Seilebost. Quando os especialistas chegaram ao local, a baleia-macho, que estava em idade adulta e aparentemente saudável, já estava morta. Durante a autópsia, especialistas aharam mais de 100 quilos de plástico no aparelho digestivo do animal. Redes de pesca, copos plásticos, cordas e sacolas estavam dentro da cachalote.

– Patinhos de plástico vagando nos oceanos 26 anos após acidente alertam sobre poluição

“O animal não estava particularmente em más condições e, embora seja certamente plausível que essa quantidade de detritos tenha sido um fator para encalhar, não conseguimos encontrar, na verdade, evidências de que isso tenha afetado ou obstruído seu intestino”, afirmou o Serviço de Proteção à Animais Encalhados da Escócia (SMASS) em postagem no Facebook.

“Essa quantidade de plástico no estômago é completamente aterrorizante e certamente deve ter comprometido a digestão do animal. Ela serve para mostrar mais uma vez os malefícios que o descarte inadequado de lixo humano e de materiais de pesca no oceano podem causar à vida marinha”, adicionaram em nota.

– Sereias nadam em mar de garrafas plásticas para alertar para a poluição dos oceanos

Cordas encontradas na Baleia

Segundo os moradores de Seilebost, existe um mutirão para constante limpeza da praia. Boa parte dos materiais encontrados durante estas limpezas é relacionado ao ofício da pesca, assim como os detritos encontrados na barriga da cachalote.

“Essa baleia tinha detritos em seu estômago que parecem ter sido originados tanto no continente quanto da indústria da pesca, e pode ter sido engolido em qualquer lugar entre a Noruega e as Ilhas de Açores. Estamos observando os detalhes para entender por que esse animal acabou com tanta coisa em seu estômago”, complementaram.

– Quem é Boyan Slat, jovem que pretende despoluir oceanos até 2040

O número de animais que encalharam na Escócia nos últimos anos tem crescido, saltando de 204 em 2009 para 930 em 2018. Além disso, em 2019, diversas baleias foram encontradas no Atlântico Norte e no Mediterrâneo com seus estômagos lotados de plástico.

Um dos piores casos foi o de uma baleia bicuda, bastante rara, encontrada nas Filipinas, que morreu por ter 40 kilos de sacolas plásticas em seu estômago. A poluição tem afetado diretamente a vida marítima e enquanto não pensarmos nela com carinho, não acabaremos com esse problema.

Publicidade

Fotos: Foto 1: © Melvin Nicholson Foto 2: © SMASS


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @yurifen.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Como o Rio Jundiaí foi despoluído e voltou a ter peixes após 30 anos