Sustentabilidade

Entenda a função do bosque de conservação urbana recém inaugurado na 23 de maio

por: Gabriela Glette

Com seus mais de 12 milhões de habitantes, São Paulo acaba de ganhar um bosque de conservação urbana em plena Avenida 23 de Maio, uma das mais emblemáticas da cidade de concreto. Inaugurado no último domingo (8), a iniciativa é resultado de uma parceria conjunta entre a Subprefeitura Sé e o vereador Gilberto Natalini, que forneceu 55 mudas cultuvadas por ele. Entre as dezenas de espécies, a grande avenida terá ipê roxo de sete folhas e jacarandá da Bahia.

bosque de conservação sp 1

O Bosque dos Sabiás é o terceiro inaugurado em São Paulo, e terá 210 mudas em uma área total de 2.800 m². Estrategicamente instalados nas regiões mais áridas da cidade, o objetivo dos bosques de conservação urbana é oferecer um corredor ecológico, com espécies ameaçadas de extinção e reflorestar áreas degradadas para ampliar a permeabilidade, mediante captação de águas da chuva, reconstituir habitats naturais e recuperar ecossistemas. Além de, claro, levar mais verde às pessoas.

bosque de conservação sp 2

O bosque já recebeu o transplante de 14 palmeiras da espécie palmito-juçara (Euterpe edulis), ameaçada de extinção. Segundo Natalini: “Verde é vida. Esse tipo de ação é essencial numa cidade como São Paulo. Precisamos plantar a árvore certa, no lugar certo e na hora certa. O tratamento das árvores também é muito importante”.

bosque de conservação sp 3

Desde o início do ano, a Subprefeitura vem trabalhando para criar em espaços urbanos pequenas florestas heterogêneas com espécies arbóreas e herbáceas, nativas. No dia da inauguração, também haverá distribuição de composto orgânico produzido no Pátio de Compostagem da Sé para os participantes do plantio. O acesso às áreas será inicialmente restrito e as visitas serão autorizadas (via agendamento) para fins científicos, pedagógicos e culturais.

bosque de conservação sp 4

Bosque de conservação urbana

Com o solo urbano permeável, a cidade terá menos riscos de inundações e será um possível habitat para espécies de animais. A manutenção e manejo dos Bosques será responsabilidade da Subprefeitura Sé, que futuramente planeja substituir todas as espécies por nativas.

Publicidade

Foto 1: divulgação

Fotos 2, 3 e 4: Unsplash


Gabriela Glette
Uma jornalista e produtora de conteúdo que mora na França. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias. Gabriela também é fundadora do site Quokka Mag, onde fala apenas sobre coisas boas!

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Incêndio que destruiu quase 30 mil hectares do Pantanal começou em grandes fazendas, diz PF