Ciência

Imagens ajudam a entender o tamanho (e insignificância) da Terra em relação ao universo

por: Vitor Paiva

Enquanto vivemos nossas vidinhas, imersos em nossas bolhas, acreditando pelas redes sociais que o mundo é do tamanho dos nossos grupos, esquecemos não só que o planeta é muito maior do que somos capazes de pensar – mas principalmente que a própria Terra é um grão de areia em perspectiva à dimensão do sistema solar. E mais: o próprio sistema solar é uma gotícula no infinito oceano que é o universo. Tais proporções são tão grandiosas e monumentais que acabam sendo difíceis de efetivamente visualizar – e é isso que uma sucessão de fotos e ilustrações fazem por nós: literalmente ilustrar a dimensão do universo e a proporção da Terra, do Sol e dos nossos planetas vizinhos.

Não é por acaso que essa série de imagens viralizou na internet: são comparações e proporções tão grandiosas que podem provocar angústia nas pessoas mais sensíveis, e que definitivamente provocam encanto em qualquer um que um dia já olhou para o céu e admirou as estrelas. O que rodeia nosso planeta é muito maior e mais distante do que somos capazes de supor ou pensar em abstrato – o que, ao mesmo tempo, denota a maravilhosa sorte de se estar vivo e a pequenez de nossos problemas e dilemas cotidianos.

Eis a Terra, azul e redonda, onde vivemos

E esse é o sistema solar

Essa é a distância em escala da Terra para Lua. Pode parecer pouco…

…mas nessa distância – cerca de 384.400 km – cabem todos os outros planetas do sistema solar

Jupiter é tão grande que essa mancha verde é a América do Norte em comparação ao planeta

Para entender a dimensão de Saturno, utilizaram a comparação com 6 planetas Terra enfileirados

O tamanho do cometa 67P/Churyumov–Gerasimenko, estudado pela sonda espacial Rosetta em 2014, em comparação com o centro de Los Angeles

Nada se compara, em nosso sistema, à dimensão do Sol – aqui comparado com todos os planetas do sistema solar

Essa é a Terra vista da superfície da Lua…

…e, para mudar a perspectiva da dimensão do nosso planeta, eis a Terra vista da superfície de Marte…

…a visão da Terra dos anéis de Saturno…

…e, a cerca de 4,6 bilhões e quilômetros, a Terra vista como um grão de areia de Netuno

Agora, a Terra comparada ao Sol

O Sol visto da superfície de Marte

Existem tantas estrelas no universo que o número é consideravelmente maior que a quantidade de grãos de areia na Terra

E se pra nós o Sol é imenso, ele é quase invisível se comparado a estrelas realmente gigantes como VY Canis Majoris

Se reduzíssemos o Sol ao tamanho de um glóbulo branco de nosso sangue, a Via Láctea teria a dimensão da América do Norte

Na perspectiva da galáxia, a Terra é só um ponto em meio a outros tantos

“Lar, doce lar”

Todas as estrelas que vemos à noite são só uma diminuta fração do que realmente existe

“Todas as estrelas que você vê à noite são somente parte desse círculo amarelo”

E se você pensa que a Via Láctea é imensa, veja ela comparada a IC 1101, que está a 1.04 bilhões de anos-luz de distância

A dimensão do universo pode começar a ser compreendida com essa foto de milhares de galáxias tirada pelo Hubble

E eis uma delas, a UDF 423, que está a 7.7 bilhões de anos-luz de nós

E os buracos negros? Eis um deles, o NGC 1277, comparado à órbita da Terra e de Netuno

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Jovens adultos se voluntariam a pegar Covid-19 para ajudar na pesquisa da vacina