Debate

Maior da história: Caso de João de Deus, condenado a 19 anos, assusta Justiça

por: Redação Hypeness

João de Deus está diante de sua primeira condenação para os inúmeros casos de abuso sexual protagonizados pelo ex-líder religioso em Abadiânia (GO). Preso há um ano, o réu foi sentenciado a 19 anos e quatro meses de reclusão em regime fechado pelos crimes sexuais cometidos contra quatro mulheres durante os atendimentos espirituais na Casa Dom Inácio de Loyola. 

– MP denuncia João de Deus pela 10ª vez por crimes sexuais; STJ determina volta ao cárcere

O parecer é da juíza Rosângela Rodrigues, que acatou primeira denúncia feita pelo Ministério Público. O MP, aliás, recebeu 12 acusações contra João Teixeira de Faria, de 78 anos. 

João de Deus foi denunciado 12 vezes ao Ministério Público

A juíza diz ainda que as sentenças vão seguir a ordem cronológica dos registros dos processos. Portanto, denúncias em que todas as testemunhas foram ouvidas serão julgadas primeiro. 

“A sentença que saiu agora não é em função do um ano de prisão, mas em função da complexidade. Não tinha como ser um prazo menor”, explica a juíza ao G1. 

– João de Deus é acusado por ativista de tráfico internacional de crianças

Anderson Van Gualberto de Mendonça, advogado de defesa, garantiu que vai recorrer da decisão. Ele ressalta ao G1 que os casos foram denunciados “mais de seis meses após os crimes”. E acrescenta, “a lei determinava que as denúncias fossem feitas dentro desse prazo”. 

João de Deus foi condenado a 19 anos e 4 meses de prisão

Maior caso de abuso sexual do Brasil 

O caso de João de Deus ganhou proporções gigantescas e teve até análise do ministro Ricardo Lewandowski, que negou o pedido de prisão domiciliar. A vasta ficha de abusos sexais assusta até mesmo os promotores de Justiça, que classificam a história como o maior caso de abuso sexual registrado no Brasil

O ex-líder religioso está preso no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital de Goiás, desde 16 dezembro de 2018. João Teixeira de Faria também foi condenado por posse ilegal de armas de fogo. 

Publicidade

Fotos: EBC


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Comentarista da CNN se demite de programa por ser interrompida por homens e desabafa