Debate

Maísa beija namorado em público e infringe lei de Dubai

Yuri Ferreira - 27/12/2019


Até que ponto vai a liberdade? O forte poder do Islã na cultura, política e legislação de países do chamado Mundo Árabe pode limitar ações que no Ocidente seriam consideradas normais. Nos Emirados Árabes Unidos, a tomar de exemplo, é proibido dançar em público, ter relações sexuais fora do casamento, ou consumir bebidas alcoólicas em certas cidades. Entretanto, um crime levantou debate essa semana: o beijo em público.

Em uma publicação em seu Instagram, a apresentadora brasileira Maísa, de 17 anos, aparece dando um selinho em seu namorado. O problema é que o beijo em vias públicas é proibido nas leis dos Emirados Árabes Unidos. Segundo a legislação local, demonstrações públicas de afeto não são permitidas – beijos ou abraços – e podem dar cadeia e deportação.

– Gâmbia está reescrevendo leis sexistas para acabar com a discriminação de gênero

Mas Por que beijo público é considerado crime em Dubai? Segundo a lei de Dubai, “é tolerado, a pessoas casadas, dar as mãos, mas beijos e carícias são considerados uma ofensa à decência pública. Demonstrações públicas de afeto, bem como assédio sexual ou se dirigir a uma mulher em público pode render pena de prisão ou deportação”. A proibição está diretamente relacionada ao conservadorismo islâmico que domina o mundo Árabe desde os anos 80.

Após breve pesquisa entretanto, entendemos que a exibição desse tipo de afeto em público pode variar em pena. Segundo moradores de Dubai no site TripAdvisor, a lei serve para evitar que pessoas exagerem na dose em público e pouco efeito  sob os turistas, para os quais os policiais fazem vista grossa. O jornal inglês Daily Express relatou um caso de prisão pela infração.

– Iraniana condenada à prisão por entrar em estádio ateia fogo em si mesma

Charlotte Adams e Ayman Najafi eram dois britânicos que pegaram um mês de cadeia e posteriormente foram deportados após terem sido denunciados por uma moradora local por terem se beijado em público. Segundo Ayman, se tratava de um beijo na bochecha e não houve defesa para o caso. “Se isso é um crime, todo imigrante que vive em Dubai deveria estar preso”, afirmou Ayman à BBC.

Entretanto, é difícil acreditar que Maísa sofrerá alguma consequência. Em caso de qualquer represália à apresentador, sua influência e propaganda negativa da cidade dos Emirados Árabes para mais de 28 milhões de pessoas poderia trazer consequências para o turismo do país.

– Fotógrafo mostra o outro lado do Irã onde jovens fumam, têm tatuagens e mulheres não usam véu

Confira a publicação de Maisa no Instagram onde o “crime” foi registrado:

View this post on Instagram

❤️❤️

A post shared by +A (@maisa) on


Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.