Diversidade

Mineira vence concurso e é eleita a trans mais bonita do mundo

por: Yuri Ferreira


Ava Simões ganhou o concurso Miss Trans Star International no último fim de semana. A dentista brasileira conquistou um importante prêmio dentro da comunidade LGBT internacional representando Angola na competição. Ava já havia sido eleito Miss Gay Brasil 2009 e após o processo de transição, iniciou sua participação em mais concursos de miss.

“Ainda não tenho palavras suficientes para expressar tanta emoção nesse momento, mas com certeza não seria possível sem o apoio o carinho e o esforço de amigos, equipe e da minha família. Amo vocês. Esse título é nosso. Diga não à transfobia. Sim, a todas as formas de ser. Eu sou Ava Simões, Miss Angola 2019. Miss Trans Star Internacional 2019”, comemorou Ava em uma publicação em seu Facebook.

– Vogue é estrelada por primeira modelo transgênero e indígena em 120 anos

Ava é especialista em cirurgias dentárias e harmonização facial, mas tem nos concursos de miss uma grande paixão. Desde 2009, a agora Miss Internacional sempre participou dos concursos de beleza, atuando como uma espécie de guru para outras participantes. Após uma derrota em 2017, ela conseguiu levar o prêmio na última semana.

“O concurso funciona por meio de convites ou inscrições. Me convidaram novamente este ano, mas já havia uma representante do Brasil e perguntaram se eu gostaria de entrar por Angola, já que lá se fala português e a cultura é tão próxima à nossa. Topei na hora”, explicou, em entrevista ao Jornal Extra.

– Metade dos brasileiros não sabe o que significa transgênero, aponta pesquisa

Quando voltar para Recreio (MG), sua cidade natal, vai receber uma homenagem do município. Para ela, a questão dos pronomes não é necessariamente um dos maiores problemas. A cirurgiã se preocupa mais com o respeito, o fim do preconceito e a valorização das pessoas Trans. Sobre a faixa que receberá da prefeitura, Ava comentou:

“Sei que estará escrito ‘filho da cidade’. Não tem problema. Vou usar mesmo assim. Quero que minha história sirva de exemplo. A gente pode ser o que quiser. Dentista, atriz, astronauta… Basta querer e lutar. Não foi fácil para mim nem digo que será para as outras. Mas é possível”, afirmou ao Extra.

– Com nova lei, Uruguai garante cota para transgêneros no serviço público

Confira uma publicação de Ava comemorando o prêmio:

View this post on Instagram

Só ? Jamais!! Comigo seguiu um grupo grande de escudeiros. Obrigada meninos, vcs foram exatos em tudo de foram propostos a fazer. Foi lindo um dando força para ao outro, segurando o cansaço um do outro. Era lindo e como me deixava feliz ver todos acordados madrugada a dentro, organizando os passos do dia seguinte. Era de cortar o coração ver os olhos vermelhos de sono, engolindo a seco meus ataques,por estes mil desculpas. Estrela né!!! Obrigada meninos, volto a dizer a culpa não foi minha. Eu pedi ao universo os melhores ao meu lado e Ele enviou vocês!! Até a próxima gente,posso contar com vcs? Ahh e que Deus cuide do meu anjo de Guarda, meu grande amigo Felipe que esteve presente o tempo todo, seu nome era citado, ouvíamos sua voz e principalmente seus gritos assim que ganhei,volte para os braços do Pai meu lindo!!! Obrigada obrigada obrigada

A post shared by Ava Simões (@miss_avasimoes) on


Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Vereador viraliza com texto sobre bissexualidade contra homofobia: ‘Amor precisa de transparência’