Inovação

Nos anos 1940 homens de shortinho serviam drinks a mulheres neste drive-in texano

por: Gabriela Glette

Pode até parecer uma montagem, afinal, estamos muito mais acostumados com a objetificação da mulher do que do homem. No entanto, em um drive-in texano na década de 1940, eram os homens que vestiam shortinho e botas para servir os clientes. Tudo começou quando uma mulher disse que não queria olhar para as pernas das meninas quando fosse no estabelecimento – ela preferia olhar para as pernas musculosas dos homens. Os proprietários logo acharam que essa era uma ótima idéia e colocaram em prática este conceito ousado.

homens de shortinho 1

A ideia, assim como a foto, causou uma verdadeira polvorosa quando publicada em um jornal da época. A manchete era:Adonis e Apollo, da beira da estrada, levam o comércio a uma posição ousada”. O drive-in chamava Log Lodge Tavern e ficava perto do Aeroporto Love Field em Dallas, Texas.

homens de shortinho 2

Porém, mais do que um apelo comercial, o que o estabelecimento estava propondo era uma verdadeira inversão de valores. Na década de 1940, sobretudo no Texas, a moda era contratar garotas lindas e magras, vestí-las com saias curtas e mini blusas e colocá-las para servir os clientes. Proprietários garantiam que, ao fazer isto, tinham um impressionante aumento de cerca de 25% nos lucros.

homens de shortinho 3

Quando um drive-in local ousou combater esta prática, a reação do público variou entre diversão e indignação. Houve relatos de matronas da comunidade que relataram o traje como “indecente” ao departamento de polícia e exigiram ação. Outras mulheres ficaram aborrecidas com a objetivação da juventude. Os legisladores de Austin discutiram se a prática de expor tanta pele não representaria um risco à saúde dos consumidores.

homens de shortinho 4

Entre tantas reações diversas, é preciso reconhecer que esta mulher avant-garde que conceguiu convencer os donos do drive-in a vestir homens de shortinho, era uma verdadeira feminista.

 

Publicidade

Fotos: Vintage News Daily


Gabriela Glette
Uma jornalista que ama poesia e mora na França, onde faz mestrado em comunicação. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Corona vai dar cerveja grátis para quem ‘fugir’ do Carnaval; entenda