Sustentabilidade

7 fotos retratam horror de incêndios na Austrália; fumaça chega ao Brasil

por: Redação Hypeness

Já fazem quase dois meses que a fauna australiana está passando por mudanças definitivas – e nenhuma para o melhor. As queimadas florestais que acontecem no país são um fenômeno natural – que ocorrem todos os anos, entre o final da primavera, no mês de novembro, e início do verão, no mês de dezembro. Porém, em 2019, os incêndios começaram antes do previsto (em setembro), e estão cada vez mais constantes e violentos.

Já são mais 10 milhões de hectares de terras pelo país, uma área do tamanho da Coréia do Sul. O fogo destruiu milhares de prédios e deixaram cidades sem eletricidade e cobertura de telefonia móvel. Ao menos 25 pessoas morreram e a perda de animais é incontável – os coalas, por exemplos, já são uma espécie em extinção funcional.

Foram contratados mais de 3 mil reservistas das Forças Armadas para conter as chamas, mas a quantidade de fumaça tem atrapalhado as buscas.

– Vídeo mostra coala aos prantos sendo salvo de incêndio em florestas

Especialistas ainda não identificaram a causa dos incêndios, mas afirmam se tratar tanto de ação humana, tendo como resultado o aquecimento global, quanto do efeito de raios na região.

Fumaça vista no Brasil 

E o que acontece na Austrália, não fica só na Austrália. Na tarde dessa terça-feira (7 de janeiro), foi registrada pela Divisão de Sensoriamento Remoto do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) a chegada da fumaça dos incêndios florestais ao Brasil. Mais especificamente, no estado do Rio Grande do Sul.

Fumaça paira sobre o Rio Grande do Sul em foto do Inpe

– Família do ‘Caçador de Crocodilos’ ajudou 90 mil animais vítimas do incêndio na Austrália

A MetSul Meteorologia, uma empresa privada especializada em meteorologia, também identificou o fenômeno, mas pontuou que, em Porto Alegre, a fumaça é “imperceptível” – pelo menos aos olhos, pois sabemos que o problema pode afetar a saúde de quem é atingido.

Se ainda não caiu a sua ficha sobre a gravidade do problema na Austrália e como ele pode acabar afetando o resto do mundo, estas fotos impressionantes – e lamentáveis – vão ajudar a ter uma ideia:

1 – Esta imagem virtual criada pela NASA para dimensionar o problema

Ao contrário do que muitos acreditam, esta NÃO é uma imagem de satélite.

2 – Já esta imagem foi realmente feita de satélite e é tão impressionante quanto a anterior

3 – Este voluntário que foi fotografado em meio a vermelhidão do clima. A foto é SEM FILTRO

4 – Todas estas pessoas isoladas na praia, após evacuação no centro da cidade

5 – Esta menina de 11 anos em um barco, tentando alcançar locais sem passar pelo fogo

6 – Este coala agarrado ao bombeiro voluntário que o resgatou das chamas

7 – O rastro de destruição deixado após o “fim” de uma queimada

Publicidade

Fotos: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Carne de melancia parece ser última e controversa tendência em 2020