Sustentabilidade

Austrália: chuva provoca reação emocionada de quem viveu maior incêndio da história

por: Yuri Ferreira

A Austrália passa por um dos mais graves momentos de sua história. Os incêndios sem precedentes que assolam o país deixaram um rastro de destruição nunca antes visto. Ao que parece porém, as chamas deram uma trégua após a maior seca da história australiana.

Desde meados de 20 de janeiro, o forte calor e a estiagem foram suspensos pela chuva que chegou em diversas regiões do país, aliviando os milhões de moradores. As notícias são realmente boas, pois especialistas dizem que chuvas naturais são a melhor maneira de acabar com incêndios de grandes proporções. A situação do fogo parece finalmente se estabilizar após meses de terror meteorológico na ilha.

– Fotos mostram o antes e depois de áreas destruídas pelo fogo na Austrália

Chuvas começam a voltar à Austrália após meses de seca, causadora dos maiores incêndios da história do país

Um vídeo publicado nas redes sociais e  divulgado pelo Washington Post é o símbolo de um país que passou pela maior catástrofe climática de sua história. Nas imagens, um morador grava comemorando e se emocionando com a tempestade que chega.

“A chuva recente foi absolutamente fantástica. Ela está produzindo quantidades significativas de escoamento, que é o que precisamos, e isso está chegando às nossas represas”, afirmou o pecuarista Sam White, que mora no norte de Nova Gales do Sul, em entrevista concedida à agência Reuters.

– 7 fotos retratam horror de incêndios na Austrália; fumaça chega ao Brasil

Catástrofe 

A situação, apesar de aliviadora, é preocupante. O revés meteorológico após o singular evento é grave. Tempestades de granizo tem assolado o leste do país e as chuvas causando enchentes gravíssimas, além de tempestades de areia no litoral. Os efeitos colaterais da seca indicam uma tendência do aquecimento global: a “polarização” dos eventos, com alteração drásticas na meio ambiente australiano.

Aqui podemos ver um vídeo de uma árvore sendo destruída pelo granizo no sudoeste da Ilha:

– Austrália ainda está em chamas, mas fotos mostram vegetação brotando

Os incêndios causaram danos irreparáveis à população, à fauna e à flora do país. Acredita-se que mais de 10 mil coalas tenham morrido, além de uma enorme porção de espécies vegetais que podem ter ido diretamente à extinção. A perda é considerada grave pela comunidade internacional porque a Austrália possui uma grande diversidade de espécies endêmicas (só existentes na região).

Mais de 170 pessoas morreram durante os incêndios e e milhares de famílias perderam suas casas devido ao fogo, que tem o aquecimento global como causa apontada por grande parte dos especialistas. A administração do país é apontada como a grande causadora do evento. Em uma lista dos países que mais trabalham pela manutenção do meio ambiente, a Austrália ficou na 55ª posição de 61 possíveis. O Brasil, em comparação, ficou em 21º.

 

Publicidade

Fotos: © Getty Images


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Jane Fonda diz que é hora de ‘apelar para desobediência civil’ em defesa do clima