Diversidade

Bahia vai usar camisa 24 para homenagear Kobe Bryant e contra homofóbicos

por: Yuri Ferreira

O Esporte Clube Bahia tomou (mais uma) atitude importante. Para combater o preconceito homofóbico irracional que existe no mundo da bola, o clube vai dar a camisa 24 para o jogador Flávio. O número, não somente um símbolo contra a homofobia, é uma maneira de homenagear o jogador Kobe Bryant, morto em acidente de helicóptero no domingo (26), e que utilizava o número 24 quando jogava nos Lakers.

Camisa 24 será homenagem à Kobe e contra a homofobia no futebol

– Contra homofobia, Bahia lança manifesto e coloca arco-íris em bandeira de escanteio

O volante Flávio abriu mão de sua camisa 5 e vai jogar com a 24. O jogo contra o Imperatriz-MA pela Copa do Nordeste promete ser um marco para o clube. O movimento do Bahia coloca o time no espaço de vanguarda entre os principais clubes do Brasil. São ações contra o racismo, homofobia e mudanças climáticas.

Corinthians e a homofobia 

O Corinthians foi duramente criticado após um de seus dirigentes impedir o jogador Cantillo de utilizar a camiseta de número 24. A justificativa era de que o número está associado com a homossexualidade, uma prova de que nem todos os clubes no Brasil estão conectados com as causas sociais importantes da atualidade.

A declaração saiu da boca de Duílio Monteiro Alves, que disse, na coletiva de apresentação do jogador, 24 aqui não!’. A direção do clube alvinegro foi duramente criticada e Duílio teve de publicar um vídeo se desculpando nas redes sociais.

– Champions LiGay veste Pelé com a camisa 24 contra a homofobia no futebol

– Bahia faz golaço e oferece reconhecimento de paternidade e exame de DNA de graça

O historiador Luiz Antonio Simas explicou ao Esporte Espetacular da Globo que a homofobia que persegue o 24 é histórica.

“Como havia no imaginário popular essa relação do veado com o homossexual, o número 24 acabou tenso essa pecha, até porque o jogo do bicho se populariza de uma forma muito impactante no Rio de Janeiro e depois vai para o Brasil inteiro”, afirmou.

Assista ao vídeo do Bahia nas redes sociais:

Confira a reação ao movimento do tricolor de aço nas redes sociais:

Publicidade

Foto: Divulgação


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.


X
Próxima notícia Hypeness:
5 princesas negras que deveriam estar no nosso repertório