Sustentabilidade

Calçado vegano feito com ‘couro’ de abacaxi é aposta de empresa gaúcha

por: Vitor Paiva

Enquanto as indústrias tradicionais tentam convencer o mundo de que não podemos substituir os materiais poluentes, novas empresas seguem mostrando que a verdade não poderia ser mais diversa – e que é possível utilizar todo tipo de material sustentável como alternativa para as mais variadas produções. É o caso da gaúcha Insecta Shoes, que lançou uma linha de calçados veganos e biodegradáveis, utilizando tecido feito a partir do abacaxi.

Segundo a designer espanhola Carmen Hijosa, responsável pela criação do “couro de abacaxi” e pelos calçados da Insecta Shoes, o material é tão resistente quanto o antigo couro de animal.

Intitulado Piñatex, o metro do couro de abacaxi é feito a partir de 480 folhas retiradas de 20 frutas e, além de combater a crueldade animal, a novidade exige uma quantidade menor de água e produtos químicos para sua feitura, não utiliza fertilizantes e recicla um material que iria para o lixo.

Os dois modelos feitos com o Piñatex

“O Piñatex é flexível, absorve bem as estampas e cores, e pode facilmente ser costurado”, afirma Barbara Mattivy, fundadora da empresa.

A produção da Insecta Shoes não se restringe ao uso do Piñatex, e também cria sapatos a partir da reutilização de roupas e de tecido ecológico feito com garrafas PET. É possível adquirir os sapatos em lojas físicas em São Paulo e Porto Alegre ou pelo site da empresa – que não só prima pelo futuro do planeta, como cria sapatos lindos para usarmos nesse futuro melhor.

Outros sapatos veganos da marca

 

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Jacaré com mais de 300 kg deixa perplexos moradores de vilarejo à beira de lago