Viagem

Site lista cinco restaurantes africanos para você conhecer em São Paulo

por: Redação Hypeness

A cidade de São Paulo é famosa pelas infinitas e maravilhosas opções culinárias que oferece aos seus moradores e visitantes – há para todos os gostos, e quem gosta de comida árabe, japonesa ou italiana sabe que a capital paulista é endereço de alguns dos melhores restaurantes do país.

Essas talvez sejam as nacionalidades gastronômicas mais populares da cidade, mas de forma alguma elas são as únicas – e o crescimento da migração africana para o Brasil e para São Paulo trouxe junto uma excelente tendência: mais e melhores restaurantes africanos. Sabendo disso, o Guia Negro publicou uma lista com os melhores estabelecimentos para você saborear na capital paulista.  

A concentração na região da República já é famosa, mas o fato é que existem excelentes restaurantes das mais variadas frentes da culinária do continente por toda a cidade. Sabores tão espetaculares quanto inesperados nos esperam, em experiências gastronômicas que poderão elevar nossos costumes alimentícios e nos levar além. Por isso pegamos carona na seleção que o site Guia Negro preparou, e mostramos aqui 5 restaurantes africanos para se conhecer ou voltar e se deliciar em São Paulo.

Biyou’z

Localizado há mais de dez anos na República, o Biyou’z é especializado na culinária camaronesa – país de origem da chef Melanito Biyouha – mas seu cardápio também oferece comidas de outros países do continente. Entre peixes, bananas da terra, bolinhos de arroz, carnes de vaca e de frango, o restaurante também oferece opções vegetarianas. O Biyou’z possui duas unidades, uma na Rua Barão de Limeira, 19 na República, e outra na Rua Fernando de Albuquerque, 95, na Consolação, e abre diariamente das 12h às 22h.

Congolinária

Repleto de desenhos e artes africanas como decoraçao, o restaurante Congolinária, como o nome diz, oferece a comida da República do Congo pelas criações veganas do chef Pitchou Luambo. Nhoque de shimeji e moqueca de banana da terra são algumas das deliciosas opções oferecidas no andar de cima da loja Fatiado Discos, onde fica a Congolinária – na Av. Afonso Bovero, 382, de terça a sábado, das 12h às 15h e das 19h às 22h, e aos domingos das 12h às 15h.

Mama Africa La Bonne Bouffe

Cordeiro, peixe frito, cuscuz, banana da terra, sucos e drinques africanos diversos além de opções vegetarianas formam o cardápio camaronês do Mama Africa La Bonne Bouffe, no bairro do Tatuapé. A assinatura é do chef Sam, e os pratos contam com ingredientes como semente de abóbora, amendoim integral, arroz vermelho e mais. O restaurante fica na Rua Cantagalo, 230, funcionando de terça à sexta, das 12h às 22h, no sábado das 12h às 22h30 e no domingo das 12h às 16h.

Le Petit Village

Não são só os peixes, os molhos condimentados, as almôndegas de carne temperadas ou os drinques típicos que lotam o bar e restaurante Le Petit Village, na República – o local se tornou um verdadeiro ponto de encontro da comunidade africana em São Paulo, para beber, comer e, nas noites de sexta e sábado, também dançar. O local funciona de segunda a sábado das 12h às 23h, mas nas noites de sexta o Le Petit Village fica aberto até 05h.

Mercy Green

Especializado na culinária nigeriana, o Mercy Green foi batizado com o nome de sua chef e dona, e oferece pratos como assados com batata, fufu (bolinho de farinha de arroz), cabrito com o molho apimentado okro e a já famosa sopa de pimenta ardente com carne e inhame. Na entrada há um bar com bebidas e drinques brasileiros, em um local especialmente frequentado pela comunidade africana da cidade. O Mercy Green fica na Av. Rio Branco, 495, na República, e funciona de segunda a sábado, das 11h às 20h.

Publicidade

© fotos: divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
A estação de rádio no Pólo Norte que transmite jazz e blues do topo do mundo