Arte

Em filme da Netflix, Wagner Moura viverá Sergio Vieira de Mello, diplomata brasileiro da ONU morto no Iraque

17 • 01 • 2020 às 17:19 Vitor Paiva
Vitor Paiva   Redator Vitor Paiva é jornalista, escritor, pesquisador e músico. Nascido no Rio de Janeiro, é Doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Trabalhou em diversas publicações desde o início dos anos 2000, escrevendo especialmente sobre música, literatura, contracultura e história da arte.

Funcionário das Organizações das Nações Unidas por 34 anos e Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos desde 2002, Sergio Vieira de Mello foi um dos mais importantes diplomatas brasileiros, e era apontado como provável sucessor de Kofi Annan na Secretaria Geral da ONU.

Em maio de 2003, porém, Vieira de Mello foi enviado como representante oficial da Organização para o Iraque, durante os sangrentos conflitos nos quais o país estava mergulhado – e um atentado terrorista ao Hotel Canal, em Bagdá, acabou por tirar a vida do diplomata e mais 21 pessoas. Recentemente a Netflix anunciou o lançamento de um filme baseado na vida do brasileiro – e a produção acaba de ganhar seu primeiro trailer.

Wagner Moura como Sergio Vieira de Mello

O longa traz Wagner Moura no papel principal, e se passa justamente durante sua última missão na capital iraquiana. O atentado fatal aconteceu no dia 19 de agosto de 2003, e o filme tem como cenário o caos de uma Bagdá em guerra após a invasão estadunidense, ocorrida no desencadear dos atentados de 11 de setembro de 2001.

O diplomata brasileiro

A missão de Vieira de Mello seria breve, e a explosão de uma bomba o colocou sobre os escombros do prédio, e acabou por lhe tirar a vida.

Intitulado ‘Sergio‘, o filme é dirigido por Greg Barker e traz Craig Borten como roteirista. Além de Wagner Moura no papel do diplomata, o elenco é também composto pela atriz cubana Ana de Armas, que interpreta Carolina, mulher do diplomata brasileiro.

Publicidade

© fotos: divulgação/reprodução


Canais Especiais Hypeness