Sustentabilidade

Família do ‘Caçador de Crocodilos’ ajudou 90 mil animais vítimas do incêndio na Austrália

por: Redação Hypeness

Em tempos de extinção funcional de coalas, uma boa notícia: o zoológico australiano Casa do Caçador de Crocodilos anunciou o salvamento de mais de 90 mil animais, incluindo muitos que ficaram feridos nos recentes incêndios na Austrália.

Referência no atendimento de animais selvagens no país, o zoológico trabalhou com parceria com o Hospital de Vida Selvagem foi divulgado pela família Irwin, que teve visibilidade no início dos anos 2000 com Steve Irwin, conhecido como o “caçador de crocodilos”.

– Coala pede água para ciclista; incêndios mataram quase 10 mil na Austrália

Hoje a porta-voz da família é Bindi Irwin, filha de Steve Irwin. Ela informou que não há risco de incêndio nos arredores do Zoológico ou nas propriedades de conservação, portanto, os animais resgatados estão a salvo. 

“Nosso Hospital de Vida Selvagem está mais ocupado do que nunca, tendo tratado oficialmente mais de 90 mil pacientes”, informou a jovem por meio de sua conta no Instagram.

O impacto das imensas queimadas que ocorrem nas florestas australianas já é trágico – com mais de 10 milhões de hectares de terra incendiados e com populações tendo de deixar suas casas. E por “população”, pode considerar também os animais. 

– Vídeo mostra coala aos prantos sendo salvo de incêndio em floresta

Para a fauna que ainda está em risco em meio ao foco, há poucas esperanças para sobrevivência sem apoio. Por exemplo, a destruição das árvores de eucalipto – principal fonte alimentar dos coalas – coloca a espécie na condição apontada como de extinção funcional. Isso significa que os números da espécie se tornarão tão baixos que o animal não mais conseguirá contribuir com seu ecossistema, mesmo que as reproduções sigam acontecendo. 

Especialistas ainda não identificaram a causa dos incêndios mas afirmam se tratar tanto de ação humana quanto do efeito de raios na região. De acordo com o primeiro-ministro do país, 8 milhões de hectares de terras pelo país, uma área do tamanho da Áustria, foram queimadas. O fogo destruiu milhares de prédios e deixaram cidades sem eletricidade e cobertura de telefonia móvel. Até a manhã dessa segunda-feira, 6 de janeiro, ao menos 25 australianos morreram. Foram contratados mais de 3 mil reservistas das Forças Armadas para conter as chamas, mas a quantidade de fumaça tem atrapalhado as buscas

Publicidade

Fotos: Reprodução
Foto do Coala: Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Do bem anuncia projeto Bagaço, para compensar 100% das embalagens longa vida