Inspiração

Inspirada por Madre Teresa, ela já resgatou mais de 18 mil meninas do tráfico sexual

por: Gabriela Glette

Motivada por sua própria experiência pessoal traumática, a nepalesa Anuradha Koirala trabalha para ajudar mulheres e crianças exploradas vendidas como escravas sexuais em seu país. Até hoje, já foram mais de 18 mil meninas livradas do tráfico sexual. Inspirada em Madre Teresa, em seu TEDx Talk de 2015 ela afirma que, de uma maneira ou de outra, ela sempre soube que estava destinada a ajudar outras pessoas.

Anuradha Koirala nepal 1

Quando era jovem, Anuradha era professora em Kathmandu, Nepal. No caminho diário que fazia à escola, algo sempre lhe chamava atenção: as diversas mulheres em condições desumanas pedindo dinheiro nas ruas. Atraída por elas, ao conversar com estas mulheres descobriu que todas haviam sido vítimas de algum tipo de violência de gênero. Familiarizada com a dor, nesta época a humanitária vivia situação semelhante em sua própria casa. “Todos os dias havia espancamentos. E então eu tive três abortos que eu acho que foram por causa do espancamento. Foi muito difícil porque eu não sabia naqueles dias para onde ir e denunciá-lo.”, explicou em entrevista à CNN.

Anuradha Koirala nepal 2

Com o objetivo de resgatar estas mulheres, ela decidiu mudar de profissão e, em 1993 fundou a organização sem fins lucrativos Maiti Nepal, que vem servindo mulheres e crianças exploradas nos últimos 26 anos. Ao longo de sua carreira como humanitária e ativista, ela se concentrou especificamente no combate ao tráfico sexual, uma indústria que força jovens de comunidades carentes da fronteira Índia-Nepal a serem vendidas como escravas sexuais.

Anuradha Koirala nepal 3

Segundo ela, isto acontece porque: São regiões pobres com altas taxas de analfabetismo. Se um parente ou amigo aparece oferecendo um emprego a alguém, geralmente são os próprios pais das meninas que os incentivam a ir, sem perceber o que realmente está acontecendo.” Sua instituição possui três casas de prevenção, por meio das quais meninas em risco são identificadas e educadas sobre os perigos do tráfico. Além disto, a organização também administra 11 casas de trânsito que funcionam como abrigos imediatos para meninas resgatadas.

Anuradha Koirala nepal 4

Hoje, aos 70 anos, Koirala é apontada como a ‘Madre Teresa’ do Nepal e já recebeu diversos prêmios e honrarias, entre eles o Padma Shri – o quarto maior prêmio civil da Índia. Ela também foi nomeada a heroína do ano da CNN em 2010, pela qual ganhou US $ 125.000 para continuar seu trabalho. Uma mulher que passou a vida toda tentando salvar outras mulheres das mãos de predadores merece todos o reconhecimento do mundo.

Publicidade

Fotos: Getty Images


Gabriela Glette
Uma jornalista que ama poesia e mora na França, onde faz mestrado em comunicação. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Eles se mudaram para ilha sem veterinário e adotaram cachorros com problemas de saúde