Diversidade

Iza mostra crescimento do cabelo natural e nós ganhamos a semana

por: Karol Gomes


“Isso aqui são quatro anos de transição. Por isso, meninas que estão fazendo transição, não desistam. Vale muito a pena”, disse a cantora Iza enquanto gravava um vídeo em frente ao espelho.

Ela mostrava aos seus seguidores o cumprimento do seu cabelo natural, resultado de uma transição capilar: que é o período em que a pessoa deixa seu cabelo natural crescer da raiz até que atinja um comprimento ideal para o chamado big chop (ou BC), o grande corte que tira todas as pontas lisas.

A primeira vez que ela mostrou o cabelo natural foi em uma publicação no Instagram, toda natural, na praia da Jamaica, depois de retirar as tranças que vinha usando. Ela deu às seguidoras que estão passando pelo processo, de transição capilar, um conselho valioso: “tenham paciência”.

View this post on Instagram

natural hair, dont care 🖤

A post shared by IZA (@iza) on


Como se Iza já não fosse uma representatividade tão importante na nossa cultura pop, assumir seu cabelo natural é mais uma decisão importante e um grande exemplo. Um dos enfrentamentos que vêm com a transição capilar é o racismo.

Para se ter uma ideia, Nova York e Califórnia, nos Estados Unidos,  têm legislações que punem criminalmente qualquer discriminação contra cabelos afro e outras  e suas “características historicamente associadas à raça”, segundo um dos texto da emenda. Imagina uma lei como essa no Brasil dos anos 80 e 90, quando muitas mulheres negras alisaram o cabelo para escapar de descriminações e serem aceitas socialmente?

Ainda bem Iza e outros exemplos populares têm ajudado a mudar a percepção antiga sobre cabelo natural, como por exemplo, a iniciativa de Regis e Kahran, um casal de fotógrafos de Atlanta (EUA) que entende a importância da representatividade. Os dois viajaram por diversos estados do país para fotografar cabelos com um estilo próprio. Cada ensaio teve uma temática diferente (dos estilos barroco ao punk, você vai encontrar de tudo nas fotos da série).

Ou ainda, o lindo curta metragem da Sony Pictures Animation, “Hair Love”, que mostra a história de um pai aprendendo a fazer um penteado no cabelo crespo da filha. Assista abaixo e tente não chorar:

Publicidade

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Camila Pitanga beija namorada em público e os homofóbicos que lutem