Diversidade

Jesuíta Barbosa diz que defesa do lado feminino é fruto de criação

por: Yuri Ferreira


Jesuíta Barbosa é definitivamente um dos maiores nomes do audiovisual brasileiro. Desde sua a aparição no filme ‘Tatuagem’, o ator pernambucano vem conquistando seu espaço no cinema e na televisão, tendo sido premiado, inclusive, como Melhor Ator de Novelas em 2019 pelo Troféu Melhores do Ano.

O ator, que fez parte do elenco de Verão 90, não se limita exclusivamente a trabalhar na TV. Em 2019, estrelou o musical Lazarus, encarnando o ícone David Bowie. Mas não somente disso vive o homem: em recente entrevista, o ator levantou o debate sobre como a sua criação o impactou para ser mais consciente de sua sexualidade e da luta por igualdade de gênero.

– Jesuíta Barbosa se assume para apoiar LGBTs, mas ‘a ideia de me colocar como viado ou hétero é limitadora’

O ator Jesuíta Barbosa debateu sexualidade em nova entrevista

Não me coloco como feminista porque sou homem e, portanto, não posso sê-lo. Não quero tomar para mim essa bandeira porque é delas. Minha função, também enquanto homem, é dar vigor ao poder feminino. A forma como eu me percebo hoje e a criação que recebi da minha mãe me colocam em função de defender o meu lado feminino, defender a mulher“, afirmou Jesuíta em entrevista à revista 29 horas.

– Homofobia e transfobia passam a ser crime no Brasil

O ator ainda se preocupou em levantar questões sobre a educação sobre sexualidade e cultura no Brasil, um país que mata 1 LGBT por dia e país que mais mata travestis no mundo.

“Quando souberem que educar é conhecer a ciência [frearemos a reprodução de arquétipos como macho, fêmea, gay, hetero, homossexual]. Quando começarmos a discutir gênero e entender as diferenças de sexualidade, a sociedade será menos doente a mais acolhedora. A gente tem um déficit gigante na educação e não apenas em termos de sexualidade. Hoje, por exemplo, o acesso à arte tem sido restringido. Há cortes de incentivo ao audiovisual e a censura está dando as caras novamente no nosso país”, adicionou o ator à revista.

– Emocionada, Fernanda Lima pede: ‘Vamos sabotar o Brasil machista e homofóbico’

Confira a postagem da 29HORAS sobre o ator:


Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
LGBTs acolhidos pela Casa Nem são certificados após a produção de 10 mil máscaras