Diversidade

Super Bowl: comercial da Microsfot exalta 1ª técnica mulher e LGBTQ+ da NFL

por: Yuri Ferreira

O Super Bowl é o mais importante evento esportivo e televisivo dos Estados Unidos. A final da National Football League (NFL) é um momento em que todo mundo no país para para assistir qual o melhor time de futebol americano do mundo. E nesse dia 2, a final entre o San Francisco 49ers e o Kansas City Chiefs em Miami vai contar com um fator ainda mais importante.

O San Francisco 69ers foi o segundo time a ter uma treinadora na liga americana: Katie Sowers. Ela também é a primeira LGBT a treinar uma equipe da NFL. E suas conquistas não estão somente na representatividade, mas também na sua competência. Ela levou o 49ers para a final da NFL, título que a equipe não conquista há 26 anos.

– Final da Copa feminina terá duas técnicas pela primeira vez em 16 anos

Katie Sowers, a mulher que comanda a equipe do 49ers.

Ela será homenageada pela Microsoft em um dos comerciais que passarão do tradicionalíssimo intervalo do jogo. Filha de um treinador de futebol americano e apaixonada pelo esporte desde criança, Katie está abrindo um grande passo para a representatividade no ambiente de um esporte que é muito machista. Para se ter uma ideia, não há uma liga nacional unificada de futebol americano feminino no país como a NFL.

– As dores e as delícias de ser uma mina que joga futebol americano no Brasil

“Ser a primeira mulher no Super Bowl é surreal. De verdade. Mas quero reforçar que por mais que eu seja a primeira, a coisa mais importante é que eu não serei a última e nós vamos continuar crescendo”, afirmou Sowers em uma recente entrevista coletiva.

A propaganda da Microsoft incentiva outras mulheres a participar do mundo do esporte e diz que Sowers é apenas o começo. Ela também acredita que, em breve, a partir dela, mais mulheres começarão a participar do esporte e o ambiente da NFL se tornará mais inclusivo.

– Por que a estrutura do futebol feminino ainda é ocupada por homens no Brasil

“Quando eu estou trabalhando há muitas horas e estou cansada e emocionalmente exausta, é nessas meninas que eu penso. Eu fico feliz de estar abrindo esse caminho, porque eu sei que outras mulheres, outras meninas, estão vendo isso e talvez o caminho delas seja mais fácil agora”, completou Katie.

– Você não vai resistir à história de amizade entre um cavalo e um cão contada nesse comercial do Super Bowl

Confira o comercial da Microsoft que será transmitido no intervalo do Super Bowl no próxima dia 2:

 

Publicidade

Fotos: © Getty Images


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Drag queen de ‘RuPaul’ é inspiração para nova cerveja da Goose Island