Arte

Websérie de Sabotage, assassinado no dia de hoje há 17 anos, estreia no YouTube

por: Yuri Ferreira

Há exatamente 17 anos o Brasil perdia um dos maiores nomes da música nacional. Sabotage, o ícone do rap, um cronista da realidade periférica, foi assassinado no dia 24 de janeiro de 2003. Seu legado, entretanto, ecoa na memória de qualquer fã do rap e fã da cultura popular brasileira.

Nessa data especial, uma nova websérie sobre o cantor estreou no Youtube. #SabotageVive é um projeto de vídeos com apresentação de Tamires e Sabotinha, filhos do rapper, que busca exaltar seu legado. As memórias de ambos entram em contato com registros de Sabotage ao vivo em uma produção emocionante da distribuidora de música OneRpm. A informação é da coluna de Adriana de Barros, no UOL.

– Música de Sabotage falava em ‘cocaína no avião da FAB’ nos anos 2000

Sabotage é um dos maiores nomes da história do rap e da música brasileira

O material irá combinar as gravações do DVD ao vivo de Sabotage gravado em 2002, no Píer Mauá, com a apresentação dos filhos do cantor. O conteúdo será disponibilizado em 8 capítulos a partir de hoje. Clássicos como ‘Respeito É Pra Quem Tem’, ‘Rap e Compromisso’, ‘Mun Rá’, ‘Cocaína’, ‘Cigarro Mata’, ‘Um Bom Lugar’ e ‘Enxame’ serão disponibilizados gratuitamente para os fãs de Sabotage no Youtube. Além disso, a produção conta com extras da vida do autor.

O canal do Youtube oficial do artista conta com outros incríveis documentários sobre sua história, além das músicas originais do disco ‘Um Bom Lugar’ e seu mais recente álbum póstumo, lançado em 2016, que conta com participações de Negra Li, Céu, Dexter, Sandrão e até Shyheim, ex membro do grupo americano Wu-Tang Clan.

Sabotage acumula mais de 70 milhões de visualizações no Youtube e mais de 500 mil ouvintes mensais no Spotify. Ano após ano, a prefeitura de São Paulo premia os rappers mais promissores da cidade com um prêmio que carrega seu nome. No Grajaú, Zona Sul da capital, o cinema público da região é nomeado em sua homenagem. Seu legado permeia a vida do rap brasileiro e o garante no panteão dos maiores artistas da nossa história.

– ‘O rap salvou várias vidas’, conta artista que criou projeto que transforma rappers em super-heróis

Confira o primeiro capítulo de #SabotageVive no Youtube, com apresentação de sua filha Tamires:

Publicidade

Fotos: Reprodução/Facebook


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
‘Toy Story’ celebra 25 anos com desenhos antigos de Woody, Buzz & cia