Inspiração

Bailarino de 12 anos da periferia de SP abre vaquinha para participar de festival em NY

por: Yuri Ferreira


Aos 6 anos de idade, ele começou a fazer a street dance em uma Fábrica de Cultura na Cidade Tiradentes, extremo leste da capital paulista. Ingressou no balé e logo depois, foi parar na Escola de Dança do Teatro Municipal. Hoje, ele tem a oportunidade de participar de um festival dança nos EUA e precisa de uma ajudinha pra conseguir realizar a viagem.

Estamos falando de Wendel Vieira, bailarino paulista de 12 anos que ganhou a oportunidade dançar no Youth American Grand Prix, uma concurso de dança realizado em Nova York, nos EUA, onde diversas de escolas de balé como o Bolshoi, o Royal Ballet e American Ballet Theatre buscam novos talentos para compor sua equipe de bailarinos.

– Vaquinha de bailarina filha de diarista consegue 5 vezes o valor da meta

Wendel saiu da Cidade Tiradentes e agora está a caminho de virar bailarino nos EUA

“Eu comecei a dançar na Fábrica de Cultura de Tiradentes, fazendo street dance. E uma professora me viu dançando e me perguntou se eu não teria interesse de fazer balé. Eu disse que não queria, mas disse que queria fazer só uma aula, ou até assistir. Eu gostei, e depois ela me indicou para um teste na Escola de Dança do Theatro Municipal”, contou Wendel em uma entrevista para o canal Qual a sua, no Youtube.

– Maravilhoso calendário de pais bailarinos arrecada dinheiro a pesquisa do câncer

Wendel contou com muito apoio do seu pai para praticar o balé, que sempre foi visto com preconceito pela sociedade. Por ser negro e de periferia, Wendel teve que ultrapassar vários obstáculos, mas ele continua firme e forte (e rumo aos EUA!).

O jovem, que já participou dos festivais de Joinville e apresentações no Theatro Municipal, já alcançou a principal meta de sua vaquinha no Instagram, mas agora é importante ajudá-lo ainda mais para expandir ainda mais sua carreira.

“Tento dormir cedo e não ficar tanto tempo no celular. Evito jogar bola para não me machucar. E, apesar de gostar muito, tenho evitado McDonald’s e Burguer King”, falou

Em maio de 2019, contamos a história de Bernardo Régis, jovem periférico que, assim como Wendel, conseguiu uma bolsa para dançar nos EUA. O Bailarino de Taquara de 9 anos extrapolou a meta estipulada pelos seus pais e foi realizar seu sonho em São Petesburgo, na Flórida, graças a ajuda do financiamento coletivo.

Para ajudar Wendel na vaquinha é só acessar o link do financiamento coletivo.

Confira um vídeo de Wendel praticando, publicado em seu Instagram:

View this post on Instagram

?✨?

A post shared by Wendel Vieira (@wendelvieirateles) on


 

Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
‘Caótico e lindo’: casal descobre que está esperando quádruplos após adotar 4 irmãos