Diversidade

Barbie apresenta linha somente com bonecas negras e nós amamos

por: Yuri Ferreira


Para o Mês da História Negra – o equivalente nos EUA ao Mês da Consciência Negra no Brasil – a Barbie resolveu homenagear a data criando uma linha de bonecas somente com negros: desde juízes, médicos e influencers, a Mattel apresentou as novas bonecas através da conta oficial da boneca no Instagram.

– Barbie apresenta versões com vitiligo e careca; veja fotos

Nova coleção de bonecas negras lançadas pela Mattel

– Barbie homenageia a ativista Rosa Parks e a astronauta Sally Ride

É inegável que representatividade importa. Essas bonecas podem parecer simples para muita gente, mas são um símbolo para milhões de pessoas negras que nunca se viram representadas num brinquedo durante a infância.

“Barbie está empenhada em mostrar às meninas que elas podem ser tudo o que quiser. Esse é o Mês da história negra”, afirmou a Mattel na publicação oficial do Instagram. A mensagem clara é um sinal de que o padrão de beleza vem aos poucos sendo quebrado. E muita gente se sentiu incluída nessa história.

Representatividade, finalmente!

A Barbie é a mais famosa e mais consumida linha de bonecas de todo o o mundo. A sua imagem criou a infância de diversas gerações, mas sempre faltou um toquezinho de representatividade para as criações da Mattel. Hoje, adaptada a um novo mundo, a boneca mais famosa do mundo hoje tem outros tons de pele e garante mais representatividade à milhares de crianças ao redor do planeta.

– Barbie fotojornalista da National Geographic encoraja meninas a sonhar mais alto

Dá uma olhada nos tweets elogiando a representatividade das bonecas Barbie:

Confira a publicação oficial da Barbie no Instagram:


 

Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Evelyn Labanda: primeira apresentadora com síndrome de Down do Equador quer entrar para a TV aberta