Diversidade

Casal de mulheres protagoniza 1º casamento entre pessoas do mesmo sexo da Irlanda do Norte

18 • 02 • 2020 às 18:08
Atualizada em 18 • 02 • 2020 às 18:11
Vitor Paiva
Vitor Paiva   Redator Vitor Paiva é jornalista, escritor, pesquisador e músico. Nascido no Rio de Janeiro, é Doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Trabalhou em diversas publicações desde o início dos anos 2000, escrevendo especialmente sobre música, literatura, contracultura e história da arte.

No final do ano passado a Irlanda do Norte enfim decidiu se alinhar com seus países vizinhos do Reino Unido na direção de um futuro melhor e menos desigual, ao aprova ar a legislação que legaliza o aborto e o casamento entre pessoas do mesmo sexo. A lei foi aprovada em outubro de 2019, e foi enfim posta na prática no último dia 13 de janeiro. Sharni Edwards e Robyn Peoples decidiram, portanto, oficializar sua união no dia 11 de fevereiro, e celebrar o casamento com uma grande festa, tornando-as as primeiras pessoas do mesmo sexo a se casarem no país.

A relação entre as duas começou em 2014, quando Sharni e Robyn se conhecerem em uma boate – desde então tornaram-se inseparáveis. O noivado começou em 2015, em uma viagem a Paris. À época o casamento entre pessoas do mesmo sexo já era permitido no Reino Unido, mas não na Irlanda do Norte. O casamento enfim pode acontecer em seu país, com uma grande festa em um hotel.

Além de agradecer aos familiares e amigos, as noivas agradeceram a todos que lutaram e trabalharam pela mudança na legislação. “Não fosse por seu trabalho árduo e esforço, não poderíamos estar onde estamos agora”, disse Sharni. Trata-se de um momento histórico na Irlanda do Norte, mostrando o quanto o amor pode ser revolucionar e transformar a vida e a realidade em nome de uma maior igualdade e liberdade.

Publicidade

Canais Especiais Hypeness