Inovação

Companhia aérea vai implantar beliches na classe econômica

por: Redação Hypeness

Esta companhia aérea da Nova Zelândia estuda a instalação de beliches na classe econômica. A ideia, na contramão de outras empresas que diminuem o espaços dos que pagam menos para voar, é da Air New Zealand. 

– Projeto experimental envia flores ao espaço e o resultado é pura poesia

A empresa pretende testar os novos recursos até outubro deste ano nos voos entre Nova Zelândia e Estados Unidos. O dispositivo se chama Economy Skynest e dispõe de uma cama, cobertor, lençol e cortina – tudo isso acomodado em um espaço de 1 metro e 90 centímetros. 

Teria o jogo virado para quem viaja na econômica?

Cada beliche comporta até três camas, conforme explicou à Bloomberg Nikki Goodman, diretor de experiência da companhia. “Queremos que as pessoas possam descansar no voo”, afirmou. A ideia, no entanto, deve ser enquadrada como opção ‘extra’ aos viajantes da classe econômica. 

– Conversamos com Cíntia Aureliano, publicitária autora de vídeo genial sobre 1ª viagem de avião

Não é a primeira vez 

Planos ambiciosos como este fazem parte da rotina de diversas empresas aéreas. O Hypeness contou a história de uma companhia que criou assentos verticais para acomodar mais passageiros. 

– Empresa cria assentos verticais para acomodar mais pessoas na classe econômica

Parecido com os assentos dos ônibus de transporte coletivo, o Skyrider 2.0 foi apresentado em uma versão que acomoda até três lugares, divididos por uma espécie de barra. O cinto de segurança pode ser acessado pela parte inferior do assento, cruzando o corpo de baixo para cima.

Até assentos verticais já estiveram nos planos das aéreas

“O Skyrider 2.0 é um assento inovador, pois dá a oportunidade de aumentar a densidade de passageiros na cabine. O produto abre espaço para uma experiência inovadora de viagem para um mercado cada vez mais competitivo”, informou a empresa em nota publicada no Daily Mail.

A falta de espaço é mesmo o maior problema das aéreas. Nos Estados Unidos, um homem socou a poltrona da frente depois que a ocupante reclinou o assento. 

“A partir desse momento [do reclinar da poltrona], ele começou a bater”, tweetou Wendi Williams. “Foi então que comecei a gravar e tentei chamar a comissária de bordo”, completou.  

Publicidade

Fotos: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Uno para canhotos: jogo de cartas quebra tudo e lança versão ‘reversa’ com baralho invertido