Arte

Diretor de ‘Hair Love’ fez profecia quatro anos antes de ganhar um ‘Oscar’

por: Karol Gomes

“A representação importa profundamente. Queremos ter mais representatividade na animação. Precisamos normalizar o cabelo negro”. Ao lado de Matthew A. Cherry, a co-diretora de “Hair Love”, Karen Rupert Toliver, agradeceu a Academia do Oscar pelo prêmio de Melhor Curta Animado que receberam na noite de ontem, 9 de fevereiro. 

Já Matthew dedicou o prêmio a estrela da NBA – e vencedor do OscarKobe Bryant, que morreu em um acidente de helicóptero em janeiro, na hora de seu discurso. 

A animação de Karen e Matthew conta a história emocionante de um pai que teve de pentear o cabelo afro de sua filha pela primeira vez, pois sua esposa, quem geralmente faz o trabalho, está tratando de um câncer em um hospital.

Confira: 

E o mais interessante sobre essa produção é que Matthew sabia desde o começo que ela seria premiada! Ele tweetou, em 2016, o rascunho de uma animação sobre pai e filha, ainda tomando forma e disse: “Algum artista de 3D me seguindo? Eu tenho uma ideia digna de Oscar para essa imagem! Me chama por aqui!”. Parece que a Karen viu o recado, né?

Depois de receber o Oscar, Matthew retweetou a própria mensagem de quatro anos atrás com uma atualização: “consegui”.

 

Isso é que é acreditar em si mesmo, né?

Publicidade

Foto 1: Reprodução / Youtube
Foto 2: Getty Images


Karol Gomes
Karol Gomes é jornalista e pós-graduada em Cinema e Linguagem Audiovisual. Há cinco anos, escreve sobre e para mulheres com um recorte racial, tendo passado por veículos como MdeMulher, Modefica, Finanças Femininas e Think Olga. Hoje, dirige o projeto jornalístico Entreviste um Negro e a agência Mandê, apoiando veículos de comunicação e empresas que querem se comunicar de maneira inclusiva.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Artista de rua francês espalha imensas borboletas pelas paredes de cidades do mundo todo