Inspiração

Ele tirou currículos do lixo e agora ajuda desconhecidos a arranjarem emprego

por: Yuri Ferreira

Kaká, ou Carlos Henrique Bastos D’Ávila, é um cara que está trabalhando na contramão de um país que desde a recessão de 2014 não conseguiu recuperar a geração de empregos.

Com milhões de brasileiros na informalidade e virando empreendedores, o funcionário público e administrador da prefeitura de Porto Alegre, que se descreve como um ‘banco de empregos ambulante’, encontrou um monte de currículos no lixo e saiu na caçada para entregá-los em empresas que estavam contratando.

– Funcionário ‘zoa’ currículos de candidatos em rede social e acaba demitido

Kaká coletou diversos currículos no lixo, refez alguns deles e distribui pra empresas que precisam contratar

Kaká começou o seu empreendimento pelo emprego quando tinha 18 anos. Após trabalhar em uma empresa de RH, iniciou dando dicas para os currículos das pessoas e hoje faz isso quando não está em seu trabalho como funcionário público.

“Sei como é ruim estar desempregado, já passei muita necessidade. Comecei a trabalhar com 14 anos, vendendo sanduíche na rua. Precisava me virar, não tinha alguém que me orientasse. Via muito currículo ruim e entrava em contato para dar umas dicas. Com o tempo, fui recebendo retornos positivos e pensei: “Por que não ir para as ruas?”, afirmou Carlos ao ZeroHora.

– Hamburgueria dispensa currículos e aposta em olho no olho: ‘Queremos pessoas de verdade’

Kaká recentemente encontrou centenas de currículos no chão e resolveu ir atrás de ajudar as pessoas que tiveram suas oportunidades de emprego negadas. Coletou todos os papéis e resolveu entregá-los para empresas com vagas abertas. “Não são apenas currículos, são vidas! Vamos ter mais respeito por quem está na luta em busca de emprego”, afirmou em suas redes sociais. 

– ‘É só o que peço’: Jovem de São Paulo ajuda senhor analfabeto a fazer seu currículo

“Consegui a vaga de telemarketing que tu me indicou! E muito obrigado por me ajudar a fazer currículos novos! Se não fosse você eu não sei o que seria de mim! Eu nunca vou esquecer tudo que fez [por mim]”, afirmou uma jovem que conseguiu um emprego graças ao trabalho de Kaká.

View this post on Instagram

Lembram dos currículos que vi a recepcionista de uma agência de empregos jogar no lixo? Então, refiz os currículos amassados, tirei cópias e saí por aí distribuindo em locais que estão contratando! E vejam como Deus é bom, recebi a notícia que um desses currículos FOI CONTRATADO!!!🙏❤️ Faço isso de graça, porque já estive desempregado e sei o quanto é difícil! TENHAM MAIS RESPEITO! Não são apenas currículos, SÃO VIDAS! Vidas que muitas vezes não tem dinheiro sequer para tirar cópias dos currículos.É REVOLTANTE! UMA COMPLETA FALTA DE RESPEITO! Não esqueçam que mundo dá voltas e que amanhã pode ser um de vocês que precisará de ajuda. Quem quiser pode me enviar o seu currículo por e-mail, que encaminho para locais que estão contratando. E-mail: kakapoa2020@outlook.com Precisamos nos unir! Me siga nas redes sociais: Página do Facebook:https://www.facebook.com/kakaportoalegrers/ Instagram:@Kaka_DavilaPoa ✌️👍

A post shared by Kaká D'Ávila (@kaka_davilapoa) on

Publicidade

Fotos: Reprodução/Facebook


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Decorar a casa para o Natal mais cedo pode trazer mais felicidade, diz estudo