Ciência

Em mais de 100 anos apenas 17 mulheres receberam o Nobel frente a 572 homens

por: Redação Hypeness

Na semana passada, foi comemorado o Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência. Celebrada em 11 de fevereiro, a data serve como um lembrete de que ainda há muito o que melhorar a respeito da participação feminina nas áreas das ciências, tecnologia, engenharia e matemática.

Desde que Marie Curie recebeu o Prêmio Nobel em 1903, pouca coisa mudou. Até hoje, apenas 17 mulheres conquistaram o prêmio nas categorias física, química ou medicina, enquanto 572 homens foram agraciados com a distinção.

Uma pesquisa divulgada pela IBM aponta que a desigualdade de gênero no local de trabalho deve persistir até 2073, o que pode ser abreviado caso empresas apostem mais em lideranças femininas. É o que a companhia busca fazer, destacando a atuação das mulheres no ambiente de trabalho.

Profissionais como a engenheira eletrônica Stéfany Mazon, de 24 anos, que trabalha na empresa há cinco anos e já contribuiu para 4 patentes da IBM Brasil, ou Ana Paula Appel, primeira mulher certificada em Data Science pela organização, fazem com que a empresa esteja conquistando posições rumo à igualdade de gênero.

Assim como elas, Jeni Shih foi pioneira ao liderar um grupo de empoderamento de mulheres na IBM em 1998. O que pode parecer comum hoje em dia era uma verdadeira revolução para a época, abrindo espaço para que outras profissionais se destacassem.

Em 2006, ela passou a liderar o grupo de diversidade LGBTI+ da empresa, assumindo sua homossexualidade para apoiar colegas e ressaltando a importância da representatividade na tecnologia.

Apesar de iniciativas que buscam aumentar a participação feminina na área das ciências, há ainda um longo caminho a ser percorrido. Segundo a Unesco, apenas 35% dos estudantes matriculados em carreiras vinculadas ao STEM no ensino superior são mulheres. Esse número se reflete na Academia Brasileira de Ciências, com somente 14% dos membros mulheres.

Publicidade

Foto CC BY 2.0 tonynetone


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Pesquisa mostra de que maneiras a pílula anticoncepcional pode comprometer a saúde mental