Diversidade

Escócia se torna 1º país do mundo a distribuir absorvente gratuitamente

por: Yuri Ferreira

Precariedade menstrual é o termo que se dá para a falta de acesso aos produtos de higiene pessoal referentes à menstruação. Ao redor do mundo, milhões de pessoas sofrem com a falta de absorventes menstruais nas regiões mais pobres do planeta. Em 2019, o filme vencedor do ‘Oscar’ de melhor documentário de curta-metragem em 2019 foi ‘Absorvendo o Tabu’ (assista ao final da matéria)obra que retrata esse problema.

– Absorvendo o Tabu: a importância de um filme sobre menstruação ganhar o Oscar

A Escócia tomou uma medida pioneira contra o problema causado sobretudo pelo machismo e que acomete milhares de pessoas. Com um projeto de lei com 112 votos a favor no parlamento, o país encaminha o acesso universal a absorventes, sendo o primeiro país do mundo a tomar uma medida contra a precariedade menstrual. A medida será encaminhada para aprovação da premier Nicola Sturgeon.

– Este caso mostra quão pouco os meninos (e os homens) sabem sobre menstruação

Monica Lennon foi a deputada que articulou a aprovação da lei na casa parlamentar da Escócia

A criadora do projeto, Monica Lennon, deputada do Partido Trabalhista da Escócia, encaminhou o projeto que foi vitorioso na casa, alcançando apoio das lideranças de todas as frentes parlamentares. Apenas uma abstenção ocorreu.

Segundo Lennon, em discurso feito durante a discussão, a ação “marca uma virada, normalizando a menstruação na Escócia e enviando um sinal sério de que nosso parlamento leva em conta as questões de gênero. Trata-se de produtos de base. Nenhuma mulher na Escócia deveria viver sem proteções higiênicas”.

– Artista trans combate o tabu da menstruação com foto e poema poderosos

Agora a lei segue para veto ou sanção da premier Nicola Sturg. Caso seja aprovado, volta à casa parlamentar para definir sua regulamentação. A Escócia foi pioneira ao oferecer anteriormente o acesso gratuito a produtos de menstruação ao disponibilizar absorventes gratuitamente em todas as escolas do país em 2018. O custo estimado da medida será de 24 milhões de libras, cerca de 138 milhões de reais.

– Após suicídio, precisamos falar sobre como a menstruação é tratada nas escolas

“Ao convencer o governo escocês que a “precariedade menstrual” é real, conseguimos apoio dos deputados para legislar em favor do acesso universal à produtos relacionados a menstruação, com foco em que a igualdade de acesso a esses produtos durante a infância resultou em mudanças importantes no nosso país. Esse voto é um marco para a menstruação, e é importante que os líderes de todos os partidos acenaram seu apoio à lei de acesso a produtos de menstruação”, afirmou Lennon em declaração oficial para o jornal The Herald.

Publicidade

Fotos: © Getty Images


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
NASA dá nome de primeira engenheira negra da agência à sede em Washington