Inspiração

Família de menino vítima de bullying recusa Disney e doa R$ 2 mi arrecadados por Brad Williams

por: Yuri Ferreira

O caso de Quaden Bayles chocou a internet nas últimas semanas. Um vídeo da criança que tem nanismo viralizou nas redes. Nas imagens, o menino está em desespero completo após ser vítima de bullying, ameaçando contra sua própria vida. Milhares de pessoas se comoveram e criaram uma campanha de apoio pelo menino, que virou um símbolo na luta contra o bullying.

O ator Hugh Jackman foi a cara da movimentação. Junto dele, o comediante Brad Williams criou uma campanha no GoFundMe que arrecadou 2 milhões e 100 mil reais na cotação atual para levar o jovem para a Disney e tentar compensar um pouco a dor que a família sentiu com o bullying.

A família Bayles recusou a bagatela de 2 milhões de reais e resolveu doar todo o valor para instituições de caridade contra o bullying

No entanto, a mãe de Quaden, Mundara, afirmou que não irá aceitar o dinheiro. Os moradores da Austrália pediram que o dinheiro fosse redirecionado para organizações de caridade que tomem medidas factuais contra o bullying, mostrando que o caso não é isolado e reafirmando empatia para outras crianças que não viralizaram com suas histórias.

“Existem muitos suicídios em nossa sociedade ocorrendo devido ao bullying. Por isso, queremos que o dinheiro seja destinado a organizações comunitárias que realmente necessitam. Eles sabem com o que o dinheiro deve ser gasto. Por mais que desejemos ir para a Disney, acho que nossa comunidade se beneficiaria muito disso”, afirmou a mãe de Quaden, Mundara Bayles, em entrevista à NITV News, canal televisivo da Austrália.

Muitos questionam a legalidade das recusa, pois o site GoFundMe não permite que o dinheiro não seja utilizado para o fim para o qual foi pedido. Mas é esperado que a plataforma de financiamento coletivo compreenda a família Bayles e permita que ela seja direcionada à instituições de caridade.

– Justiça multa mães de jovens que praticaram bullying em redes sociais em SP

“As quantias arrecadas serão gastas em duas passagens de avião para Quaden e sua mãe, com origem da Austrália e destino para Los Angeles. Além disso, proveremos hotel, comida e ingressos para o parque da Disneylândia in Anaheim por vários dias. Depois de cumprir todos os gastos com voôs, estadias, lazer e alimentação, todo o dinheiro que exceder o limite será doado para entidades de caridade contra abuso e anti-bullying”, afirma a campanha no GoFundMe criada por Brad Williams.

Antes de ser vítima de bullying, Quaden viralizou na internet justamente por ter um cãozinho com nanismo, o Buddy. Depois do vídeo recente, a criança ainda foi acusada de ser golpista, o que se tratava de uma notícia falsa. Mas hoje, Bayles está melhor, após toda a empatia que recebeu da internet:

Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Ele é o ‘gato de botas do Shrek’ da vida real e consegue o que quer com sua ‘atuação’