Arte

Flash mob: amantes da arte e voluntários recriam pintura famosa na vida real

por: Gabriela Glette

Conhecido pela precisão lógica e praticamente matemática, o pintor francês Georges Seurat é considerado um dos grandes ícones do século 19 e pioneiro do movimento pontilhista. Seu quadro mais famoso – A Sunday Afternoon on the Island of La Grande Jatte (Uma tarde de domingo na ilha de La Grande Jatte), mostra um grupo de parisienses desfrutando de uma tarde no rio Sena e é a maior representação deste movimento artístico. Para celebrar este marco da história da arte, amantes da arte e voluntários realizaram um incrível Flash mob, recriando a icônica cena.

flash mob quadro georges seurat 1

A versão moderna da obra de Seraut foi organizada pelo fotógrafo Mark Preuschl, que conseguiu juntar um grupo de pessoas da instituição Friends of the Riverfront, localizada em Wisconsin – Estados Unidos. Para surpresa geral, ao publicar um anúncio procurando por voluntários, um número inesperado de pessoas se interessaram em participar.

flash mob quadro georges seurat 2

No entanto, a inovação deste Flash mob não era fazer mais do mesmo, mas sim criar uma nova versão do quadro, com roupas e signos que condizem com a época em que vivemos. No entanto, se para o espectador comum parece simples, tirar esta fotografia foi desafiador. Os organizadores marcaram a grama com números, mas na hora de fotografar o sol foi embora e os ventos eram fortes. Foi graças à boa vontade destes voluntários que o resultado finalmente apareceu, quando São Pedro deu uma brecha e liberou um pouco de sol e luminosidade. O vento ainda estava lá, causando estragos nos dois barcos e guarda-chuvas – quebrando vários guarda-chuvas, enquanto a canoa e o veleiro quase viraram de ponta cabeça.”, relembra Preuschl.

flash mob quadro georges seurat 3

O mais curioso é que o Flash mob foi realizado em 2006, mas viralizou recentemente quando um usuário do Flickr compartilhou junto com algumas imagens dos bastidores. 14 anos depois, a publicação recebeu mais de 40 mil curtidas em apenas três dias. Para o fotógrafo, a explicação está no poder da permanência das imagens: “A grande arte impressiona com uma mágica que transcende as palavras. Ótimas fotos congelam um momento que está para sempre além das palavras.”

Publicidade

Fotos: Flickr


Gabriela Glette
Uma jornalista que ama poesia e mora na França, onde faz mestrado em comunicação. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
O amor nos tempos do Coronavírus | Do Amor #129