Criatividade

Ilusão de ótica: olhe para a cruz e veja o que acontece com o rosto destes atores

por: Gabriela Glette

Você acha que pode confiar em tudo que vê? Por mais que a resposta possa parecer óbvia, ela não depende apenas de nós, mas de infinitas ligações cerebrais, que muitas vezes nos enganam – o que podemos chamar de ilusão de ótica. Aristóteles foi um dos primeiros a reparar na facilidade com que a mente pode ser enganada pelo que vê. Na época, ele observou que quando se olhava para uma cachoeira e depois deslocava o olhar para rochas estáticas, parecia que as rochas estavam se movendo na direção oposta ao fluxo de água. O princípio é o mesmo utilizado por esta série de GIF’s de celebridades. Com um artista de cada lado e uma imagem preta no meio, pode reparar que ao fixar o olhar na cruz central, os artistas se transformam em pequenos monstros.

 

A verdade é que até hoje a ciência não compreende totalmente o que acontece em nossos cérebros quando vemos diferentes ilusões de ótica. Tudo o que sabemos é que diferentes perspectivas podem mudar nossa visão sobre um objeto e que, às vezes as ilusões funcionam devido a deficiências na anatomia normal de nossos olhos. Aquilo que enxergamos é resultado de um esforço conjunto entre o cérebro e nossos olhos. As sombras, a perspectiva e a cor são algumas das pistas que o cérebro usa para tomar decisões sobre o que está olhando, mas quando duas imagens se movem o tempo todo ao mesmo tempo, o cérebro não tem o tempo necessário para processar estas informações e dá uma bugada – o que podemos chamar de ilusão de ótica.

brad pitt

Neste caso, o que Angelina Jolie, Brad Pitt, Tom Cruise e Cate Blanchet têm em comum? Todos eles foram transformados em monstros, sem absolutamente nenhuma intervenção artística. O grande responsável foi nosso cérebro, que é muito mais fascinante e misterioso do que nossos olhos possam ver.

Cate-Blanchett-2

Publicidade

Foto 1: Vincenzo PINTO / AFP

Foto 2: Paris Match


Gabriela Glette
Uma jornalista e produtora de conteúdo que mora na França. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias. Gabriela também é fundadora do site Quokka Mag, onde fala apenas sobre coisas boas!

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
‘Puta falta de sacanagem’: ela virou meme e ainda é lembrada por isso 10 anos depois