Debate

Impaciência de Shia LaBeouf com ator com síndrome de Down provoca reflexão importante

por: Karol Gomes

Estrelas do filme ‘The Peanut Butter Falcon‘, Shia LaBeouf e Zach Gottshagen subiram ao palco do ‘Oscar’ na noite de domingo (9 de fevereiro) para apresentarem o prêmio de Melhor Curta-Metragem na maior cerimônia do cinema no mundo. 

Mas os méritos foram apagados por uma atitude muito negativa da parte de LaBeouf, que se mostrou claramente impaciente com o colega de profissão, que tem síndrome de Down.

Quando Gottshagen se atrapalhou na abertura do envelope, por exemplo, o colega riu ironicamente. LaBeouf também não deixou o ator anunciar o vencedor, ‘The Neighbor’s Window‘, falando antes que Gottshagen pudesse se pronunciar.

– Filho fala sobre amor e inspiração em relação com pai com síndrome de Down

Apesar do episódio no Oscar, LeBouf contou, em entrevista recente, que Gottsagen foi uma das pessoas mais gentis e honestas com ele no primeiro dia de filmagens que tiveram juntos. Ainda assim poucos segundos de interações entre os dois foram o suficiente para gerar revolta nas redes sociais e o ator de Transformers está sendo acusado de capacitismo – o preconceito contra Pessoas com Deficiência (PCDs).

– Necessidades especiais? Vídeo divertido mostra quais as verdadeiras necessidades de quem tem Síndrome de Down

– Pai solo adota garotinha recusada por sete famílias por ter Síndrome de Down

Parte do preconceito contra as pessoas com síndrome de Down vem da ideia de que estas seriam incapazes, o que nos leva muitas vezes a infantilizar jovens e adultos completamente hábeis a viver uma vida plena, como Lebouf fez com Gottsagen. 

Publicidade

Foto: Getty Images


Karol Gomes
Karol Gomes é jornalista e pós-graduada em Cinema e Linguagem Audiovisual. Há cinco anos, escreve sobre e para mulheres com um recorte racial, tendo passado por veículos como MdeMulher, Modefica, Finanças Femininas e Think Olga. Hoje, dirige o projeto jornalístico Entreviste um Negro e a agência Mandê, apoiando veículos de comunicação e empresas que querem se comunicar de maneira inclusiva.


X
Próxima notícia Hypeness:
Raspar os dentes pode provocar uso de dentadura antes dos 40, alertam dentistas sobre prática