Inspiração

Jackie Chan quer pagar R$ 615 mil pra quem encontrar vacina contra coronavírus

por: Yuri Ferreira

O ator chinês Jackie Chan resolveu colocar um prêmio para a pessoa ou organização que conseguir desenvolver a primeira vacina de coronavírus. Chan, que tem trabalhado em diversas produções nos EUA e na China, vai premiar o criador da vacina com um milhão de yuans, o que equivale a R$ 615 mil, em cotações atuais.

– Universidade da Bahia possui dispositivo capaz de rastrear DNA do coronavírus em 3 horas

‘Vanguarda’ teve estreia na China por causa do coronavírus

“Se alguém, seja uma pessoa ou uma instituição, pode criar uma vacina eficaz contra o vírus, eu gostaria de oferecer a ele 1 milhão de yuans como sinal de minha gratidão. Espero que todos entendam que não se trata de dinheiro. Não quero ver as pessoas sofrerem e morrerem enquanto poderiam aproveitar a vida”, afirmou o ator na rede social Weibo.

– China mostra vídeo de hospital construído em 10 dias para tratar coronavírus

Devido ao isolamento e quarentenas realizados nas principais cidades da China, a estreia de seu novo filme, ‘Vanguarda’, uma grande produção de ação chinesa, teve o lançamento adiado até a contenção total da crise.

Situação preocupa

A crise do coronavírus tem causado uma grande comoção ao redor de todo o planeta. Em Wuhan, epicentro da doença na China, milhares de pessoas estão isoladas em suas casas e as ruas estão completamente desertas, mesmo acontece em outras grandes cidades chinesas. A alta contagiosidade do vírus tem preocupado o Oriente e a comunidade internacional. A dificuldade de desenvolver tratamentos rápidos para um vírus novo é grande.

China convive com ruas desertas

Até hoje, cerca de 1800 pessoas morreram devido à doença e 70548 já foram contaminadas na parte continental da China. Um navio com cerca de 3.711 pessoas está isolado na costa japonesa após 454 pessoas serem contaminadas na embarcação. No Brasil, apenas 3 pessoas mantém suspeita do vírus. Nenhum caso foi confirmado até então na América Latina.

– ‘Não sou um vírus’: ação debate racismo contra asiáticos por coronavírus

A epidemia de coronavírus está agravada devido ao inverno nos países do Norte. Cientistas acreditam que a situação se estabilizará somente após o verão. Atualmente, não existem tratamentos específicos para a doença e o governo chinês comanda com urgência pesquisas para desenvolver uma vacina que contenha a proliferação da doença, cuja taxa de mortalidade está entre 2-3%.

Publicidade

Fotos: © Getty Images


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Sabrina Parlatore diz que ficou 2 anos sem menstruar em menopausa precoce por causa de câncer