Inovação

Tão importante quanto Steve Jobs, criador do ‘copiar’ e ‘colar’ morre aos 74 anos

por: Redação Hypeness

Responsável por criar os comandos que copiam e colam, Larry Tesler morreu na segunda-feira (17) aos 74 anos de idade. Embora não tenha a fama de nomes como Bill Gates ou Steve Jobs, o cientista da computação revolucionou a máquina, tão vital para os dias atuais. 

– Caminhadas nos tornam mais felizes e inteligentes, diz neurocientista

Larry Tesler foi um gênio

Mas não foi só isso, Larry, que nasceu em Nova York, estudou ciência da computação na Universidade de Stanford e na década de 1970 entrou para o time da Xerox, em Palo Alto, na Califórnia. 

– Cientistas criam primeiro robô vivo: ‘nova classe de organismo programável’

– Funcionários da Apple escutam conversas privadas gravadas pela Siri, revela ‘The Guardian’

Lá, ao lado de Tim Mott, desenvolveu um projeto chamado Gypsy, que tinha os termos ‘cortar’, ‘copiar’ e ‘colar’, que já eram pensados para serem aplicados da forma que conhecemos hoje. 

Tesler ainda trabalhou na Apple, onde atuou para desenvolver interfaces intuitivas, um dos grandes segredos do sucesso da marca norte-americana. Mas, seu legado ficou mesmo por conta da criação do Ctrl+C e o Ctrl+V. O cientista ainda teve tempo para atuar como ativista e protestou contra empresas como a IBM. 

Com passagens pela Amazon no anos 2000, Tesler abriu sua própria empresa e pensou em formas de ensinar conceitos de programação para crianças. A causa da morte de Larry Tesler não foi revelada.

Publicidade

Foto: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Indígena brasileira conquista milhões de seguidores mostrando dia a dia de comunidade