Ciência

1ª clínica especializada em maconha medicinal é inaugurada na Tailândia

por: Vitor Paiva

O uso da maconha para fins médicos já é, mais do que uma realidade concreta, uma revolução na medicina. A prova disso é a inauguração, na Tailândia, da primeira clínica do governo que oferece maconha medicinal para, aliada à medicina tradicional, servir como tratamento para pessoas em tratamento contra o câncer. Trata-se ainda de uma clínica piloto funcionando diariamente, que pode se tornar modelo para a aplicação da maconha medicinal no futuro.

Produtos derivados da maconha expostos na abertura da clínica, em Bangcoc

A nova clínica fica no Ministério da Saúde Pública do país, em Bagcoc, e irá atender cerca de 300 pacientes diariamente, distribuindo maconha medicinal sem nenhum custo. No país já existem 25 clínicas que trabalham com maconha medicinal, funcionando, no entanto, somente alguns dias da semana – pois há também uma escassez de médicos que saibam trabalhar com a planta no país, motivo pelo qual os projetos estão ainda caminhando lentamente.

O Ministro da Saúde, Anutin Charnviralkul

O óleo de cannabis é oferecido em frascos de 5 a 10 mg, para tratamento de doenças como câncer terminal na clínica. “Lutamos pela melhor saúde dos tailandeses e por uma economia melhor”, disse Anutin Charnviralkul, Ministro da Saúde da Tailândia. Desde o ano passado a cannabis e o cânhamo foram retirados da lista de narcóticos, e um novo projeto de lei pretende permitir que famílias cultivem até seis plantas de maconha em suas casas.

Pacientes na fila e sendo atendidos na nova clínica

Mais de 2.200 pacientes estão na fila para serem atendidos até março, e a estimativa é que outras 77 clínicas similares sejam abertas em breve.

Mascote de folha de maconha na abertura da clínica

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Jejum intermitente funciona? Este estudo indica que não