Ciência

As mulheres ‘invisíveis’ que participaram da criação da tabela periódica

por: Gabriela Glette

Pouca gente comentou sobre isto, mas a tabela periódica completou 150 anos em 2019. No entanto, o que pouquíssimas pessoas sabem é que diversas mulheres participaram da criação dela, essencial não somente para vestibulandos, como para nossa própria compreensão dos elementos presentes na natureza. Em thread publicado no dia 8 de março – em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, Priscila Rubim nos revelou diversas mulheres ‘invisíveis’, que tiveram enorme importância na ciência, mas foram deixadas em segundo plano. O motivo a gente já sabe (alô, patriarcado!).

mulheres tabela periódica 1

Por exemplo, Marie Curie – talvez a mais conhecida neste grupo, descobriu o Polônio e o Rádio e foi a primeira mulher a ganhar um Nobel. Já a química francesa Marguerite Perey, assistente de Curie, descobriu o Frâncio.

mulheres tabela periódica 2

Algumas envolvidas em controvérsias, outras relegadas à assistentes de seus respectivos maridos, a verdade é que a ciência hoje não seria a mesma sem as descobertas feitas por estas mulheres. O 8M já passou, mas todo dia é dia de relembrar as contribuições de mulheres na ciência. Confira o thread abaixo:

 

mulheres tabela periódica 3

Publicidade

Fotos: reprodução Twitter


Gabriela Glette
Uma jornalista e produtora de conteúdo que mora na França. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias. Gabriela também é fundadora do site Quokka Mag, onde fala apenas sobre coisas boas!

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Uma singela investida na jardinagem pode ser mais eficiente que 8 sessões de meditação