Ciência

Como esta série da Netflix previu a pandemia do coronavírus

por: Vitor Paiva

Estimam-se que as primeiras contaminações humanas pelo coronavírus na cidade de Wuhan, na China, tenham acontecido em novembro do ano passado. Quase que exatamente na mesma época, mais precisamente no dia 07 de novembro, foi ao ar no Netflix um episódio da série Explicando que espantosamente previa a epidemia que começava ainda silenciosamente naquele momento.

O nome do episódio não poderia ser mais direto: “A próxima pandemia”, e reúne especialistas em doenças e nomes como Bill Gates, comentando como o maior risco para a civilização era um vírus novo espalhando-se por todo o mundo. O episódio explica como os vírus se reproduzem, se mutam e se transmitem em locais públicos e através da facilidade de transporte atual. Relembrando crises anteriores, como a H1N1, em 2009, o surto de SARS de 2003, e retornando à gripe espanhola e até à Peste Negra, a série se baseia em dados, estudos e tabelas para fazer sua precisa previsão.

Bill Gates em cena da série

“Nós fizemos as contas. Estimamos que há umas cinco novas doenças surgindo em algum lugar do planeta todo ano. E esta taxa está crescendo. É inevitável que se tornem pandemias”, diz Peter Daszak, especialista em doenças ecológicas, em trecho do episódio. Ainda que não diga quando iria acontecer, Explicando afirma que a próxima pandemia provavelmente sairia da Ásia como uma gripe viral.

Muito antes do episódio, Bill Gates já havia previsto em um Ted Talks em 2015 que uma pandemia era nossa maior ameaça. A parte boa é que, se a tecnologia dos navios, trens e outros meios de transporte é apontada como fator determinante para a velocidade de disseminação do vírus – que então ainda estava por vir -, outros avanços tecnológicos permitirão, segundo a série, que cheguemos aos medicamentos e à vacina também com maior rapidez.

Publicidade

© fotos: reprodução


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Nasa divulga fotos inéditas com a diferença entre o pôr do sol em Marte e na Terra