Criatividade

Coronavírus sem pânico: site estima número de papel higiênico necessário para quarenta

por: Redação Hypeness

A crise do coronavírus é uma realidade, que deve apresentar solidariedade, não egoísmo. Desde as relações de trabalho – dos home-offices aos autônomos – até a maneira como lidamos com a nossa saúde mental, tudo está em cheque graças à pandemia que já deixou milhares de mortos e continua infectando novas pessoas ao redor dos 5 continentes do planeta.

Embroa seja importante se preparar para dias dentro de casa, nada justifica uma corrida aos supermercados. Com isso você, além de tirar de quem precisa, não resolve problema algum. O estocamento de mantimentos não é uma prática recomendada.

– Porque da importâcia de não exagerar na compra de alimentos, medicamentos e máscaras em tempos de coronavírus

Por isso, o site Howmuchtoiletpaper.com (em tradução livre, Quantopapelhigiênico.com) te ajuda a mensurar a proporção entre rolos de papel higiênico disponíveis na sua residência e quantas vezes os utiliza e um dia. Tudo isso para evitar o esvaziamento de prateleiras.  “Nem todo mundo consegue ir a uma loja e estocar papel higiênico. Não seja egoísta”, é o que afirma a página.

O dispositivo é capaz de fazer a equação baseado na quantidade de pessoas que vivem debaixo do mesmo teto. É possível ainda saber quantos papeis higiênicos serão suficientes para o período de quarentena.

O site calcula o quanto de papel higiênico você precisa

Aliás, não há motivos para sair comprando tudo pela frente. Associações de supermercados são enfáticas em dizer que não vai faltar comida e nem itens básicos de higiene. 

“Na Europa, o papel higiênico é importado da China. O nosso vem daqui, de Guaíba, por exemplo. A produção é nacional. Não existe este risco (de acabar). Tem diversos produtos similares que não vão causar crise. A venda de água foi muito alta neste fim de semana. Dobrou, mas tem muito a ver com o calor. Nós queremos tranquilizar a população: não há risco de desabastecimento”, disse ao Zero Hora Antônio Cesa Longo, presidente da Associação Gaúcha de Supermercados.

– ‘Infodemia’ e Covid-19: fluxo de informações e saúde mental em tempos de pandemia

Os espertinhos que estão inflacionando o preço do álcool gel é que devem se preocupar. O Procon, órgão de defesa do consumidor, autuou uma farmácia que vendia o produto 334,8% acima do valor de mercado. A operção ocorreu em Jabotão dos Guararapes, no Recife e o estabelecimento aumentou o valor de R$ 6,90 para R$ 30.

Operação do Procon no Recife

“Estamos visitando e notificando estabelecimentos que estiverem se aproveitando da situação para vender os produtos a preços abusivos. As notas fiscais são solicitadas para comparar os preços praticados agora e anteriormente, e para saber se os valores estão muito acima do valor investido na hora da compra do estoque”, informou ao IG o coordenador de Fiscalização do Procon, Erik Gondim.

Coronavírus no Brasil

Até o momento da publicação dessa reportagem, o número de suspeitos de possuírem coronavírus já passa de 8 mil ao redor do país, com 298 casos confirmados pelo Ministério da Saúde e uma pessoa morta pela doença em São Paulo. Medidas de quarentena devem ser tomadas por e evitar sair de casa é prioritário. Estima-se que o isolamento da pandemia pode durar até a criação de uma vacina, portanto é necessário se manter atento às notícias.

Ao redor do mundo já foram mais de 197 mil casos e 7 mil mortes. Por mais que a letalidade do vírus seja baixa em comparação ao resto, 20% das pessoas desenvolvem sintomas graves e podem sofrer sequelas e a mortalidade entre pessoas com mais de 70 anos supera os 10%.

Publicidade

Fotos: foto 1: Reprodução/foto 2: Chico Bezerra/ Procon Jaboatão


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Com saudades do cinema, esta família literalmente criou um cinema em casa