Futuro

Covid-19: Estes são alguns dos eventos cancelados até aqui

por: Vitor Paiva

Em um raro fato que envolve o mundo inteiro em um mesmo esforço – ou assim ao menos deveria ser – a pandemia do novo coronavírus exige agora que fiquemos em casa, para reduzir a disseminação da doença, e especialmente não concentrar uma grande quantidade de casos em um curto espaço de tempo. Para isso, além de lavar as mãos constantemente, é fundamental evitar aglomerações e multidões. Dessa forma, aos poucos grandes eventos e atividades coletivas foram sendo cancelados: atualmente, não há praticamente nada que envolva plateias acontecendo no mundo.

Os Backstreet Boys já deixaram o Brasil depois do cancelamento do show em SP © Glenn Francis

No Brasil, shows como Backstreet Boys, Maria Bethânia, Elza Soares, Roberto Carlos, The Offspring, Lindsey Sterling e o festival Lollapalooza já foram cancelados. A temporada clássica da Osesp e da Cultura Artística também está suspensa, mas se olharmos para o resto do mundo a dimensão da paralisação de shows: Madonna, Miley Cyrus, Maroon 5, Billie Eillish, Foo Fighters, Elton John, Pearl Jam, Green Day, Avril Lavigne e The Who são alguns dos artistas que cancelaram apresentações ou mesmo turnês inteiras.

Bethânia também cancelou shows no Brasil por conta da pandemia © Sebástian Freire

Billie Eillish pediu que seus fãs permanecessem em casa  © Valerie Macon:AFP

Além da versão brasileira, o Lolla foi cancelado também no Chile e na Argentina, assim como foi o Coachella, na Califórnia, o Glastonbury, na Inglaterra, o festival Tomorrowland, na França e o SXSW, nos EUA,

O público do festival Glastonbury, na Inglaterra, no ano passado © Yui Mok/PA Images

Nas artes, praticamente todos os grandes museus – incluindo instituições como o Louvre e o Museu do Prado – suspenderam as visitações, e por aqui não está sendo diferente: CCBB fechou temporariamente as portas de sua exposição sobre o Egito Antigo, o Masp suspendeu oficinas, cursos e palestras, e a SP-Arte, maior feira de arte do Brasil, que aconteceria em abril, também está suspensa sem data definida para acontecer. Séries e filmes paralisaram suas filmagens, e até as gravações de novelas da Globo foram suspensas.

O Santuário Nacional de Aparecida © Valter Campanato_ABr

Até o Santuário Nacional de Aparecida está com as missas suspensas, por determinação da justiça. No esporte, depois de realizarem algumas rodadas sem a presença de torcedores, agora praticamente todos os principais torneios também estão paralisados: os campeonatos estaduais, nacionais e internacionais de futebol ligados à CBF, assim como de praticamente todas as federações do mundo estão suspensos, e até a NBA, liga estadunidense de basquete, também apagou temporariamente as luzes e suspendeu seu torneio.

Kevin Durant, da NBA, testou positivo para o coronavírus © Wikimedia Commons

Obviamente os cancelamentos não se restringem aos grandes eventos e, por exemplo, no meio da música e do teatro, as pequenas casas e pequenas produções serão, ao fim, as mais afetadas. A necessidade de ficar em casa é um bom meio, no entanto, para revelar uma pequena parte da imensa importância que a cultura possui em um país: enquanto estivermos em casa – e temos que ficar em casa – nossas melhores companhias serão os filmes, os livros, as séries, as novelas, a arte.

© Divulgação

Publicidade

© fotos: créditos


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Novo normal do coronavírus inclui aprender a respirar com calma