Fotografia

Covid19: fotógrafa clica ruas vazias da Polônia em quarentena

por: Vitor Paiva

Cada país lida com a pandemia do coronavírus na proporção de sua população, do compromisso com as medidas de isolamento e limpeza, da competência de seus governantes e da qualidade de seu sistema de saúde, entre outras variáveis. O que todos precisam ter em comum, no entanto, nesse momento, são as ruas vazias – e as pessoas em casa. Com 692 casos e 8 mortes confirmadas no dia 23 de março, a Polônia também se encontra em quarentena, e por isso as ruas de Cracóvia encontram-se praticamente desertas, conforme mostram as incríveis e desoladores registros da fotógrafa Ewa Płonka.

Localizada ao sul da Polônia e segunda maior cidade do país, Cracóvia possui cerca de 775 mil habitantes, e suas ruas são normalmente apinhadas de passantes e visitantes. Por conta da pandemia, no entanto, os espaços públicos, prédios oficiais e outros serviços não-essenciais encontram-se suspensos no país – e a população polonesa se colocou em quarentena dentro de suas casas. “Então, aqui está: minha Cracóvia hoje, quase sem ninguém”, escreveu a fotógrafa no dia 18 de março, quando publicou as fotos no site Bored Panda.

As fotos revelam praças, igrejas, prédios públicos e ruas, tão vazias quanto só vemos normalmente em cenas de filmes – e espanta imaginar que a absoluta maioria das cidades do mundo encontram-se igualmente desertas. Ou assim deveria ser: infelizmente muita gente precisa sair de casa para trabalhos essenciais, ou simplesmente não tomou consciência da gravidade dos fatos, e de qual é nossa parte para fazer essa pandemia passar. “Fique bem logo, Cracóvia”, escreve a fotógrafa – e nós aqui estendemos esse desejo a todo o mundo.

Publicidade

© fotos: Ewa Płonka.


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Fotógrafo viaja há anos para registrar as mais belas bibliotecas do mundo