Inspiração

Malamute do Alasca: o cão gigante e bonzinho que dá vontade de abraçar

por: Gabriela Glette

Se 2019 foi um ano tenso que torcemos para que acabasse logo, 2020 está se mostrando ainda pior. Em pouco mais de 3 meses, uma pandemia tomou conta do mundo, confinou as pessoas em casa e, o pior de tudo: não tem data para acabar! Em tempos de quarentena, a internet pode ser inimiga – com suas milhares de fake news e mensagens incendiárias sobre o coronavírus; ou aliada, já que pode também nos apresentar uma das criaturas mais fofas deste planeta, o Malamute do Alasca, uma raça de cachorro que mais parece um urso. Imenso, peludo e simpático, o site Bored Panda fez uma compilação de fotos que as pessoas estão compartilhando nas redes sociais e a vontade é só uma: abraça-lo.

Malamute do Alasca 1

Ótimos caçadores e escaladores, estes cachorros nasceram para o clima gélido do Alasca e não sobreviveria aos trópicos por causa da quantidade de pêlo que têm. Usados tradicionalmente para puxar trenós, hoje a prática foi praticamente extinta, mas os malamutes sobrevivem na casa das pessoas.

Malamute do Alasca 2

Muitas vezes maiores do que os próprios donos, eles costumam viver entre 12 e 15 anos e, apesar do tamanho, são ótimos com crianças. A má notícia é que, assim como muitas raças de cachorro atuais, o malamute possui uma deformidade genética chamada displasia do quadril, que exige cirurgia para correção. Isso pode ser caro e, se não for tratado, pode levar à artrite mais tarde.

Malamute do Alasca 3

Estes adoráveis cachorros gigantes são tão simpáticos que parecem sorrir para as fotos. Diante de centenas de notícias alarmantes sobre a pandemia do coronavírus, separar 10 minutos para apreciar estes cães pode nos ajudar a manter a sanidade. Definitivamente, a coisa mais fofa que veremos hoje!

Publicidade

Fotos: reprodução Bored Panda


Gabriela Glette
Uma jornalista e produtora de conteúdo que mora na França. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias. Gabriela também é fundadora do site Quokka Mag, onde fala apenas sobre coisas boas!

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Nova Zelândia (outra vez) mostra criatividade para falar aos jovens sobre pornô