Diversidade

Mulheres com deficiências e condições particulares celebram a beleza da diversidade

por: Redação Hypeness

Para celebrar o Dia da Mulher, a agência de talentos britânica Zebedee realizou um ensaio fotográfico especial com modelos que celebram a diversidade.

Foram clicadas mulheres com deficiências e condições particulares por mais representatividade na mídia. Segundo um texto escrito por Zoe Proctor, diretora da agência, para o Bored Panda, há mais linhas de moda para animais de estimação do que para pessoas com deficiência.

Niamh tem 20 anos e displasia ectodérmica.

A displasia ectodérmica é uma doença rara que causa alterações na pele, cabelo, unhas, dentes e glândulas sudoríparas. No caso da modelo, a principal característica visível é a perda de cabelo.

Dados como esse fazem com que 8 em cada 10 deficientes físicos não se sintam representados. É justamente isso que a Zebedee busca combater.

A agência é especializada em talentos e modelos com deficiência ou diferenças visíveis. Seu trabalho é em prol de mais diversidade na mídia e no mundo da moda.

Renee tem 21 anos e é paraplégica.

Ela se locomove com a ajuda de uma cadeira de rodas.

O ensaio poderoso produzido como uma maneira de celebrar o Dia da Mulher é uma das formas de lutar por essa causa.

As fotos foram clicadas pela fotógrafa Shelley Richmond, com direção de arte de Zoe Proctor. O cabelo e a maquiagem das modelos ficou a cargo de Jen Edwards e Kelly Richardson.

Georgina tem 20 anos e foi diagnosticada há 11 com síndrome da fadiga crônica.

Desde os 12 anos, ela usa cadeira de rodas para facilitar seu dia a dia.

Monique tem 33 anos e osteogênese imperfeita.

A osteogênese imperfeita faz com que seus ossos quebrem com muita facilidade.

 

Casa tem 21 anos e convive com uma desordem neurológico funcional.

 

A doença faz com que ela use uma cadeira de rodas em diversas ocasiões.

Maya tem 19 anos e uma doença neurológica genética, além de escoliose.

Graças à condição, ela conta com o auxílio de uma cadeira de rodas manual.

Lindy tem 65 anos e é deficiente auditiva.

Por ter uma deficiência invisível, ela muitas vezes enfrenta dificuldades em ocasiões sociais.

Clara tem 39 anos e síndrome de Ehlers-Danlos.

A síndrome de Ehlers-Danlos é causada por um defeito na síntese de colágeno que pode contribuir para a deformação dos tecidos.

Kathleen tem 20 anos e síndrome de Down.

Ela destaca a importância de ser vista como mulher antes de ser vista como uma pessoa com deficiência.

Gemma tem 25 anos e nevo melanocítico congênito

A condição faz com que ela tenha diversas marcas de nascença em todo o corpo.

Publicidade

Fotos: Shelley Richmond


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Viola Davis exige igualdade salarial em crítica contundente ao racismo: ‘Meryl Streep negra’