Inspiração

Por que as pessoas se chocaram com uma fisiculturista dando de mamar

por: Yuri Ferreira

O fisiculturismo é um esporte de alta intensidade que exige uma alimentação e um modo de vida muito singular do praticante. Para muita gente, combinar a vida de fisiculturista com a maternidade pode soar loucura, mas será que é possível encontrar a compatibilidade entre essas duas práticas?

A fisiculturista Jordan Musser, de 25 anos, moradora de Wil liamsport, Pennsylvania, fez um incrível relato para o site Huffington Post descrevendo os seus desafios como fisiculturista e mãe. A desportista focou seu relato na combinação entre rotinas, mas também comentou o preconceito que muitas pessoas tem com a profissão e com a maternidade em si.

– Vovó fisiculturista completa 80 anos e revela seus segredos para manter a forma

Fisiculturista amamentando a filha causou desconforto e revela o preconceito.

A dieta de uma fisiculturista de alto padrão envolve baixos níveis de gordura e alta ingestão de, nas palavras de Jordan, ‘frango e espinafre’. E esse tipo de alimentação reduz muito os nutrientes disponibilizados para a criança e dificulta a própria produção de leite materno. Por isso, ela não adotou essa dieta durante o período de amamentação.

– Diarista vence o câncer e se torna campeã de fisiculturismo aos 50 anos

“O fitness extremo e a amamentação raramente dividem o mesmo espaço. São duas coisas que inerentemente não combinam. Uma presume dureza, agressividade e emagrecimento controlado. A outra cultiva imagens de vitalidade, calor humano, acolhida e flexibilidade feminina”, relatou ao HuffPost.

O desejo de competir combinado com a vontade de ser uma boa mãe e prover o que há de melhor para sua filha culminaram em uma adequação e sequência de exercícios pensadas para combinar os dois estilos de vida. Um ano após a gravidez, Jordan voltava aos holofotes do National Physique Comittee, principal competição de fisiculturismo dos EUA.

– Mulher que venceu anorexia vira fisiculturista e compartilha sua luta pra inspirar outras mulheres

Durante a competição, ela postou uma foto dando de amamentar para sua filha e foi duramente criticada nas redes sociais e na comunidade do fisiculturismo. Muitas pessoas acreditam que a relação seja completamente incompatível. Mas Jordan faz de tudo para que seja possível combinar as dores e prazeres do fisiculturismo com a maternidade.

“Eu via muitas mães se perdendo na potencial monotonia da condição materna e se reduzindo cada vez mais como seres humanos. Elas se perdiam em prol de seus filhos. Pode ser que haja algo de admirável nisso, mas senti que, sem conservar o norte do que eu mesma preciso, eu acabaria por ficar ressentida com essa pessoinha que o teria tirado de mim”, afirmou.

Publicidade

Foto: Reprodução/Instagram


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.


X
Próxima notícia Hypeness:
Xuxa celebra sexo após os 50 e diz que viveu experiências novas com envelhecimento