Debate

Ronaldinho Gaúcho é disputado para torneio na prisão e passa por exames por Coronavírus

por: Redação Hypeness

Desde que foi detido no Paraguai por porte de documentos falsos, o ex-jogador Ronaldinho Gaúcho está sendo disputado – por policiais e detentos – para o torneio interno de futebol de salão da prisão. 

Segundo o jornal ABC Color, há duas categorias do campeonato que é jogado por policiais que trabalham no local e por presidiários: livre e sênior. O primeiro não tem limite de idade enquanto o segundo é para aqueles que têm mais de 35 anos – e o ex-craque se encaixa em ambas as categorias. 

Algumas das equipes da categoria sênior são Villa Real, Pira Guasu, Halcones, Chacarita, Sport Espada, Sport Pitufo e Negro Cumbiero. Segundo o ABC Color, ainda hoje Ronaldinho vai decidir onde jogará.

– No dia do aniversário, filho de Ronaldinho manda mensagem para pai preso no Paraguai

Para movimentar ainda mais o dia a dia no presídio, administração vai iniciar um processo para averiguar se algum preso está infectado pelo coronavírus. Todos os detentos foram submetidos ao procedimento também nesta quarta-feira, conforme o jornal O Dia.

Assim como em outros locais do mundo, as autoridades paraguaias cancelaram eventos e restringiram as atividades em muitos locais do país. Entre os lugares com restrição estão os presídios, Ronaldinho e seu irmão receberam a visita dos seus advogados nesta quarta, mas há um controle de visitas pelos médicos na detenção

Mas as maiores preocupações de Ronaldinho tem sido as doenças levadas para dentro da prisão por meio de mosquitos. Os advogados têm reportado queixas e o temor do ex-jogador de contrair dengue na prisão.

– Barça se afasta de Ronaldinho gaúcho e Rivaldo após apoio a Bolsonaro

O Paraguai sofre com a epidemia de dengue há um tempo. Segundo o site do Ministério da Saúde paraguaio, o país tem casos sem interrupção da circulação do vírus desde 2009.

Enquanto isso, a investigação continua: nesta quarta-feira (11 de março), a polícia local prendeu quatro funcionários dos departamentos de aeronáutica e imigração do aeroporto de Assunção, acusados de terem permitido a entrada de Ronaldinho Gaúcho e seu irmão, Renato Assis, no país com documentos falsos.

A Justiça paraguaia também negou o pedido da defesa de Ronaldinho e de Assis para trocar o regime de prisão preventiva por domiciliar. Ambos não participaram da audiência liderada pelo juiz Gustavo Amarilla e aguardaram o resultado detidos na “Agrupación Especializada da Polícia Nacional”.

– Proibido de sair do Brasil, Ronaldinho Gaúcho se torna embaixador do turismo

O Judiciário paraguaio também teve suas atividades paralisadas. A medida, porém, não deve atrapalhar o caso do craque brasileiro e do seu irmão. 

A defesa de Ronaldinho deve apelar para instâncias superiores da justiça paraguaia. Os advogados afirmam que o ex-jogador não tinha ciência do passaporte adulterado.

Publicidade

Foto: Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Repórter da CNN é preso ao vivo em protesto por morte de homem negro; Trump pede tiros em manifestantes