Futuro

Trem ultrarrápido que faria Rio-SP em 25 minutos pode chegar ao Brasil em 2025

Mari Dutra - 11/03/2020 | Atualizada em - 10/03/2020

A ponte aérea Rio-SP pode estar com os dias contados. O responsável por isso é o Hyperloop, tecnologia criada por Elon Musk que deve chegar ao Brasil em 2025.

O meio de transporte inovador funciona como uma espécie de trem flutuante ultrarrápido. Se implementada em terras tupiniquins, a viagem entre São Paulo e o Rio de Janeiro deveria durar apenas 25 minutos. Hoje, o mesmo trajeto leva cerca de 50 minutos de avião ou pelo menos cinco horas de carro.

A tecnologia está em fase de implementação em outros países. Segundo Dirk Ahlborn, fundador e chairman da Hyperloop TT, uma das empresas responsáveis pelo projeto, a novidade pode chegar ao Brasil nos próximos cinco anos. Citado pela revista Exame, ele diz que o país deve entrar na segunda leva de investimentos para a iniciativa.

Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, será a primeira cidade a receber as obras do Hyperloop TT. O empreendimento começará a ser construído ainda este ano.

No Brasil, a ideia ainda aguarda financiamento, que, de acordo com a reportagem, deve vir de empresas privadas. A legislação também é um impasse, visto que até o momento não existe regulamentação específica para este tipo de transporte. Para alterar isso, já foram iniciadas negociações com o governo federal.

Caso saia do papel, é provável que rotas menores, como o trajeto São Paulo – Campinas, sejam as primeiras a entrar em funcionameto. A estimativa é de que uma viagem entre as duas cidades usando o sistema leve cerca de 6 minutos.

Hyperloop

Similar a um trem ultrarrápido, o Hyperloop não usa trilhos. Todo o transporte é feito por cápsulas que flutuam em alta velocidade dentro de um tubo de baixa pressão atmosférica. O ambiente reproduz condições similares às encontradas por aviões na altitude, podendo chegar a uma velocidade de 1.000 km/h.

A tecnologia foi criada por Elon Musk, fundador da fabricante de carros elétricos Tesla e inovador em série. Em 2013, o empresário abriu a propriedade intelectual do sistema.

Desde então, ela já foi adotada, gerando duas empresas distintas: a Hyperloop One (parte da Virgin) e a Hyperloop TT, que deve ser a primeira a trazer a tecnologia ao Brasil.

Até o momento, nenhuma das companhias implementou um sistema operativo do Hyperloop. A India deve ser a primeira região a receber as obras da empresa criada pela Virgin, em um trajeto unindo Pune a Mumbai em 35 minutos.

O vídeo abaixo (em inglês) detalha o funcionamento da tecnologia:

Leia também: Elon Musk tem um plano para você atravessar o planeta em até 40 minutos

Publicidade

Todas as fotos: Divulgação


Mari Dutra
Criadora do Quase Nômade, contadora de histórias, minimalista e confusa por natureza, com os dois pés (e um pet) no mundo. Chega mais perto no Instagram.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.


Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Selva urbana raiz: sociedades antigas podem ensinar as cidades modernas a serem mais sustentáveis