Ciência

Você deve tirar a barba para se proteger do coronavírus? Temos a resposta

por: Yuri Ferreira


A epidemia de coronavírus deixou todo mundo em casa. Com uma dosezinha a mais de tédio, as pessoas vão arranjando coisas novas para fazer: tem gente que está limpando a casa inteira, escrevendo um livro, estudando coisas novas, pintando o cabelo e, por que não, tirando a barba.

Em uma iniciativa feita pelos jogadores de vôlei da Seleção Brasileira, vários famosos começaram a raspar a barba durante a epidemia de coronavírus. Segundo os participantes, a barba seria mais um lugar para alocar o vírus e que não custaria nada tirar ela por algum tempo para reduzir o risco de infecção e contaminação da Covid-19.

Felipe Andreoli, Cartolouco, Wallace, Danilo Gentili e Bruninho foram algumas das personalidades que adotaram o movimento. Mas será que existe alguma evidência científica de que tirar a barba pode te proteger do coronavírus? Compilamos o que pensam alguns especialistas sobre o assunto.

– Experimento científico divertido que ensina a crianças a importância de lavar as mãos

Marcos, da dupla Marcos e Belutti, foi um dos famosos a adotar a prática para se proteger contra o coronavírus. Mas será que tirar a barba realmente ajuda na contenção da doença?

“É um vírus novo, que começou a circular há menos tempo, então é difícil dizer algo em relação a ele, mas com a barba, a higiene é mais difícil. Quando se tem a pele lisa, fica mais fácil de lavar com água e sabão. Com a barba é mais difícil fazer a higiene entre os pelos, então, acho que é válido. Quanto mais higiene, melhor. Se a pessoa passar a mão na barba, como passa no rosto, a barba é mais difícil de limpar”, afirmou a dermatologista Damaris Ortolan ao UOL.

Entretanto, a preocupação é mais importante para profissionais de saúde, como médicos e enfermeiros que, por ordem da profissão, muitas vezes costumam ficar sem barba. “A única coisa que preocupa sobre pelos faciais é caso a barba atrapalhe o uso da máscara N95 – ou de qualquer máscara, na verdade”, afirmou Dr. John Swartzberg, professor de medicina na Universidade de Berkeley, na Califórnia, ao LA Times.

– Cuidados com coronavírus no supermercado; veja o que de fato funciona

Se tirar a barba tiver alguma relação com a chance de se infectar por coronavírus, ainda não existe evidência científica. Mas se pressupõe que talvez a barba seja mais difícil de se higienizar do que o rosto:

“Se alguém tossir em você e algumas partículas virais estiverem em sua barba e você passar a mão na sua barba e depois, na boca ou olhos, acredito que você certamente se contaminaria. Entretanto, não há nenhum estudo científico que comprove isso ou que trate sobre o assunto, por enquanto”, afirmou Dr. John Swartzberg, professor de medicina na Universidade de Berkeley, na Califórnia.

Confira alguns dos famosos que tiraram a barba durante a quarentena de coronavírus:

– Coronavírus: saibam como a Covid-19 atua em seu corpo


View this post on Instagram

A @rafabrites me pediu pra falar 3 ações que eu estou fazendo contra o COVID-19. 1 – Fiz a barba, pois infectologistas e especialistas disseram que a barba tem mais chances de reter o vírus. Nao custa nada 2 – Sempre que tiver agua e sabonete por perto, utilizar este método pra limpar as mãos. Economizar ao máximo o alcool em gel, pois é algo que ja está faltando no comércio. Álcool em gel so quando nao tiver outra opção. 3 – Nossos funcionários estão dispensados (e pagos, claro). Ficou só a babá do Rocco, pois ela mora aqui. Vou desafiar os minhas amigas @barbarapcoelho e @gentilfernanda a compartilhar o que elas estao fazendo no combate ao corona vírus. Vamos juntos ❤

A post shared by andreolifelipe (@andreolifelipe) on



 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Bruno Rezende (@bruninho1) em

Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram Destaque: © Getty Images


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Atila Iamarino critica reabertura do Brasil em meio ao caos do coronavírus: ‘Não fez lição de casa’