Ciência

Coronavírus: mostre a fala de David Uip emocionado por cura para quem ainda quer romper quarentena

por: Yuri Ferreira

O infectologista David Uip é o coordenador do Centro de Contingência de Coronavírus do Estado de São Paulo. Ele foi contaminado pelo novo coronavírus e, em sua primeira entrevista coletiva após a quarentena e cura da doença, explicou o porquê dessa doença não se tratar de uma ‘gripezinha’ ou ‘resfriadinho’. O médico ainda atentou para a efetividade da quarentena e agradeceu a Deus por ter vencido a covid-19.

– Idosa dá o exemplo, respeita quarentena e costura 1 mil máscaras para doação

David Uip relatou grande sofrimento ao passar pelo coronavírus, mas se recuperou e reforçou a importância do distanciamento social durante a epidemia

Uip ainda relatou forte angústia por ‘ir dormir sem saber se iria acordar’. O infectologista ressaltou que o isolamento é a única maneira de contenção disponível no momento e que o achatamento da curva que está sendo observado em São Paulo foi efetivo por permitir que hospitais públicos e privados conseguissem se reorganizar e recuperar seus profissionais infectados para combater o vírus de maneira efetiva.

Na coletiva, o governador João Dória renovou a quarentena por mais 15 dias e fez críticas ao Governo Federal. O estado de São Paulo tem o maior número de casos de coronavírus e 275 mortes por covid-19 confirmados, mas foi a primeira unidade federativa a anunciar quarentena e fechamento dos comércios.

– Jornalista relata como está a quarentena na Espanha: ‘sair de casa pode custar 600 euros’

Leia um trecho do depoimento do médico infectologista David Uip:

“Eu agradeço a Deus por estar aqui vivo, segundo a minha família, especialmente a Tereza, meus filhos, netos e genro pela solidariedade. O senhor (João Dória) que não deixou de me ligar um dia, não para me pedir coisas, mas saber como o amigo estava.

A semana que se seguiu foi de extremo sofrimento e, na semana seguinte, há uma semana, voltei a fazer o exame e a tomografia, e nesta tomografia apareceu a pneumonia. Então, esse sentimento de você se ver como médico, infectologista com uma pneumonia sabendo que, muito provavelmente, entre o sétimo e décimo dia ia complicar, eu quero dizer pra vocês que foi um sentimento muito angustiante, você ir dormir sem saber como ia acordar. Felizmente, Deus me ajudou e eu venci a quarentena”

É o testemunho de quem já esteve com a doença, não é brincadeira. Então, por favor, aqueles que estão subestimando, achando que não é nada ou que é pouco, eu desejo ardentemente que não adoeçam. É um sofrimento muito grande.”

– ‘Passou um caminhão em cima de mim’: a história da professora infectada com coronavírus

Confira o depoimento de David Uip em coletiva de imprensa:

Publicidade

Fotos: © Getty Images


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Bolívia registra transmissão em humanos de vírus com sintomas similares ao Ebola