Debate

Giovanna Ewbank fala que nunca quis ter filhos em depoimento emocionado sobre maternidade

29 • 04 • 2020 às 16:15
Atualizada em 29 • 04 • 2020 às 17:02
Yuri Ferreira
Yuri Ferreira   Redator É jornalista paulistano e quase-cientista social. É formado pela Escola de Jornalismo da Énois e conclui graduação em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo. Já publicou em veículos como The Guardian, The Intercept, UOL, Vice, Carta e hoje atua como redator aqui no Hypeness desde o ano de 2019. Também atua como produtor cultural, estuda programação e tem três gatos.


A atriz e apresentadora Giovanna Ewbank é a capa nova edição da revista Marie Claire. A mãe de dois filhos adotivos revelou as dificuldades e os prazeres de sua primeira gravidez, os trâmites da adoção de suas duas crianças e falou sobre a carreira. Ewbank ainda revelou que não desejava ter filhos, como mudou de ideia, e contou detalhes sobre a maternidade.

– Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso adotam menino de 4 anos do Malawi

Capa da nova Marie Claire, Giovanna Ewbank fez um relato emocionante sobre a sua gravidez e sobre a maternidade

A mãe de Bless (5) e de Titi (6), ela surpreendeu ao dizer que não planejou a adoção de sua filha Titi, que nasceu no Malawi. A atriz declarou que fez tudo em um ato relativamente impulsivo, mas não se arrependeu. Gio também contou que Titi sempre pediu um irmão. Com bastante planejamento, ela, ao lado do marido Bruno Gagliasso, adotou Bless. Mas, mesmo com a insistência de Titi, ela acreditava que a fábrica estaria fechada.

“Nunca quis ter filho, sempre falei sobre isso… Mas só até encontrar meus dois, a Titi, 6,  e, posteriormente, o Bless, 5. Havia inclusive congelado óvulos, aos 30 anos. Na época, eu e Bruno decidimos que não queríamos filhos biológicos, estávamos muito bem com a Titi. E que, se fôssemos ter outro filho, seria do coração também. Estávamos muito felizes com essa decisão. Só congelei porque pensei ‘vai que lá na frente mude de ideia’. A gravidez foi uma surpresa e uma loucura – o Bless tinha chegado havia apenas quatro meses. Estava me prevenindo, fazíamos tabelinha, e na semana que descobri a gravidez, iria a São Paulo colocar o DIU. Eu e Bruno ficamos assustados, meio sem reação, sem saber o que fazer”, contou a atriz.

A atriz ficou muito feliz com a notícia e por finalmente poder dar um ‘irmão de barriga’ para os outros filhos. Por se tratar de um momento bastante complexo, ela ainda relatou as dúvidas e aflições que a gravidez pode trazer, ressaltando o poder da terapia nesse processo.

“Quando descobri a gravidez, liguei imediatamente para minha terapeuta – fazia tempo que não ia – e falei ‘precisamos conversar, e tem de ser agora’. Faço terapia lacaniana e disse para ela: ‘Meu Deus, estou grávida. Como é que eu vou fazer para dividir esse amor, para amar os três igual? Não sei o que fazer, o Bless [também adotado no Malawi] acabou de chegar, estou descobrindo o amor dele, ele está descobrindo o meu amor e agora chega esse bebê no meio do caminho. O que faço?’ Mas nessa conversa ela falou uma coisa muito importante: o amor é uma construção, e entendi que cada um tem o seu lugar e o seu momento [se emociona novamente]”, afirmou.

Confira a postagem de Ewbank sobre a nova publicação:

Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram


Canais Especiais Hypeness