Sustentabilidade

Jack Black inicia jornada vegana e corta carne vermelha

02 • 04 • 2020 às 19:05 Vitor Paiva
Vitor Paiva   Redator Vitor Paiva é jornalista, escritor, pesquisador e músico. Nascido no Rio de Janeiro, é Doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Trabalhou em diversas publicações desde o início dos anos 2000, escrevendo especialmente sobre música, literatura, contracultura e história da arte.

O impacto da produção de carne para consumo humano é um dos maiores agravantes das mudanças climáticas que assolam o planeta e nosso futuro, e por isso a redução do consumo de carne vermelha deve ser medida urgente pela redução dos efeitos da ação humana sobre o meio-ambiente. Cada um pode fazer sua parte, e é isso que o ator estadunidense Jack Black recentemente anunciou: em nome da luta ambientalista, a estrela do filme Escola do Rock declarou que baniu a carne vermelha de seu cardápio.

“Minha resolução ecológica é parar de comer carne vermelha”, disse o ator, em vídeo publicado no Twitter. Desde o ano passado que Black vem comentando seu esforço para se tornar completamente vegano, mas o primeiro passo de deixar de consumir carne vermelha já foi dado – não sem algumas necessárias adaptações: “Eu ainda vou comer cheeseburger, mas será aquelas deliciosas versões veganas cientificamente desenvolvidas”, comentou no vídeo.

Segundo Black, além de pensar na saúde do planeta, sua decisão visa também sua própria saúde – de seu corpo e de sua mente. “Eu estou fazendo isso para limitar as catastróficas mudanças climáticas e para melhorar minha saúde mental – e acho que todos deveriam fazer o mesmo”, conclui, no vídeo.

Em um momento de grandes revisões como o atual, a recomendação de Jack Black soa como uma ótima ideia – para nós e para o planeta.

Publicidade

Canais Especiais Hypeness