Debate

Marcelo Adnet recebe solidariedade da Marinha após revelar abuso sexual

Redação Hypeness - 13/04/2020

Em entrevista para à revista Veja, o humorista Marcelo Adnet fez uma revelação corajosa. Ele contou já ter sofrido abuso sexual duas vezes quando era criança – aos 7 e aos 11 anos de idade – e que os episódios causaram traumas sérios em sua personalidade. Seus agressores foram o caseiro de um lugar onde passava as férias e um amigo da família, respectivamente.

Ao mesmo tempo que recebeu apoio de seus seguidores, Adnet também foi julgado pela violência sofrida. Seguidores ofenderam o comediante e questionaram o motivo de ele não ter revelado os abusos antes. À revista, Adnet disse que o caseiro o chantageava dizendo que mataria seu cachorro caso contasse algo para alguém.

– ‘BBB’: Marcelo Adnet imita Daniel e zera a vida em tempos de quarentena

O humorista Marcelo Adnet

O humorista afirmou ainda que nunca havia falado sobre os dois episódios publicamente porque tinha trauma, mas afirmou que hoje já consegue tratar o assunto de forma natural. Mas, diretamente para o seguidor, ele respondeu: “porque não me foi perguntado”.

– Ouça o samba-enredo que Marcelo Adnet escreveu para o Carnaval do Rio 2020

Outro questionou o humorista sobre piadas feitas sobre o abuso relatado pela ministra Damares Alves, o que Adnet negou ter feito.“Nesse momento, trazer uma questão pessoal para o campo político (????) é falta de senso, de justiça, até de caráter. Você está partidarizando algo que não tem a ver com luta política”, escreveu Adnet no Twitter.

O humorista também printou comentários ofensivos antes que fossem apagados e cobrou posicionamento da OAB, do governo do Ceará e até da Marinha, que já o respondeu sobre os comentários de um homem que se dizia funcionário da instituição.

– E se Bolsonaro fosse dono da Vila de Chaves? Adnet mostra o que aconteceria

O homem, Fabrício Diniz, escreveu: “Deve ter gostado de dar a bunda, daqui a pouco se assume”. Adnet então compartilhou a mensagem com seus seguidores, questionando se caberia processar o responsável.

O comediante, em seguida, publicou um tuíte endereçado à instituição: “Marinha do Brasil, seu membro acaba de exaltar o estupro contra menores. Alguma providência? Obrigado, no aguardo!”. O perfil oficial da Marinha respondeu que “repudia qualquer atitude que ofenda a dignidade humana e a ética” e que instaurou um procedimento administrativo para apurar o caso.

O autor das ofensas teria então deixado um pedido de desculpas a Adnet, afirmando não ter sido ele o autor dos ataques. Seu perfil não está mais disponível no Twitter.

Publicidade

Foto: Reprodução / Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.